10 coisas odiáveis nos ciganos

Este texto já teve um parágrafo de explicação prévia tentando transmitir a alguns leitores que enviaram mensagens de protesto que se trata de uma sátira elaborada sobre os preconceitos mais comuns contra a etnia cigana e que faz parte de uma série de outros textos de tom semelhante acerca de outras minorias étnicas portuguesas e de outras nacionalidades, sem esquecer, obviamente, os portugueses maioritários brancos, que foram o alvo do primeiro texto de todos. Entretanto, os protestos continuaram a chegar e pareceu-me inútil que o tal parágrafo de explicação continuasse aqui. Interpretem isto como vos parecer bem. Quer sejam brancos, pretos, portugueses, brasileiros, ciganos, tuaregues, minimamente racionais ou extremamente estúpidos. Tanto me faz.

1-Os ciganos são o pior pesadelo de qualquer racista. É impossível dizer-se “Vai para a tua terra” a membros de uma etnia cuja origem geográfica não pode ser estabelecida com precisão.

2-O casamento é uma instituição em risco. Mas não graças à comunidade cigana com as suas bonitas tradições de casamentos combinados e de noivas que aprendem a coser as meias ao marido e a saltar à corda na mesma altura das suas vidas.

3-A integração das minorias étnicas na sociedade é obrigação de todos nós. Cabe aos portugueses maioritários (os de pele mais ou menos clara que fazem piqueniques na praia com mantas sobre a areia, panelões de cozido e garrafões de tinto) acolher os minoritários de braços abertos. Mesmo que sejam ciganos. E mesmo que fujam de nós e façam questão de viver numa sociedade quase feudal em pleno século XXI.

4-Sempre que há notícias sobre membros de minorias étnicas que cometem crimes, temos de pensar que a propensão para o crime não está relacionada com a etnia a que se pertence, que há gente boa e má em todos os grupos étnicos e nacionais e que a maioria será sempre boa. Só é pena que haja uma percentagem tão grande de ciganos decidida a contradizer estas afirmações.

5-É bastante provável que os ciganos tenham inventado a violência familiar. Apenas um começo muito precoce nessa prática consegue explicar a excelência hoje alcançada, tendo chegado ao ponto de transformar a violência familiar numa arte. Um pai que chega a casa bêbado e bate na mulher e nos filhos? Qual quê! Isso não é nada comparado com duas famílias de centenas de elementos envolvidas numa batalha campal com armas de grande calibre só porque um dos lados se esqueceu de convidar um primo em estado de coma para o casamento de dois noivos de 7 anos. E, já agora, sendo uma parte tão pequena da população, como é possível aparecerem tantos sempre que há sarilhos?

6-Todos os povos têm as suas superstições e a maior parte é baseada em maior ou menor grau na realidade. Os ciganos têm medo de sapos. Mesmo que sejam feitos de porcelana baratucha. Não é bonito gozar com as crenças dos outros, mas lá que é estúpido, é.

7-Até à data, em séculos de presença entre nós, o único cigano português a tornar-se célebre foi o futebolista Ricardo Quaresma. E está tudo dito.

8-A educação é muito importante. Mas não para os ciganos. Para os ciganos há outras coisas mais importantes. Por exemplo, vender na feira e idealizar variações criativas de nomes de marcas famosas (Aditas, Lewi’s, Pooma, Reetruk). E, por isso, os pais ciganos não têm grande interesse em enviar os filhos à escola. Mas compreende-se que seja complicado decorar a tabuada quando já se tem mulher e dois filhos.

9-Pedir não é vergonha. Vergonha é roubar. E quem melhor do que os ciganos para levar à letra este adágio popular. Ou, pelo menos, metade dele.

10-Havia aqui mais um ponto mas, infelizmente, foi roubado. Não quero apontar o dedo a ninguém.

26 Comentários

  1. Tiago Costa diz:

    Ahah! Muito bom! Muito bom humor. Um pouco tenaz diria eu, mas quem se ofendem com uma brincadeira? Quer dizer, pelos vistos há quem realmente fique chateado, e eu estou do lado deles R. Carreira. Se eu souber que sou uma merda, não vou gostar que “dissequem” a minha porcaria toda dessa maneira, nem publicamente. Ahaha. Muito bom!

    Ainda assim, acho que era desnecessário responder a essas provocações de ameças de violência. Temos de ter pena das pessoas, porque a sua dimensão resume-se a isso! Não podemos alimentar a sua verdadeira INÉPCIA.

    P.S.: a partir de hoje fiquei fã do inepcia.com

  2. Pára de gozar com a raça cigana ou encho-te a casa e o carro de sapos!

  3. olha renato carreira sou do porto e sou cigano estou a frente de uma empresa de seguranças que detem a maior parte das casas nocturnas do porto, portanto não brinques comigo pois tenho dinheiro e poder para te fazer desaperecer da face da terra.Tens familia?
    Pensa nela caralho, pois já passaste a me enervar com os teus falsos coméntarios escritos em meu nome. Se apagares os meus comentários e os que tu comentas-te por mim não mando os meus homens a tua procura .Pensa bem pois mesmo assim tenho levado esta merda na brincadeira mas já estas a passar dos limites.Olha não tenho medo de ninguem pois já esteve preso 6 anos em santa cruz do bispo e em coimbra mais uns anos para mim é praticar desporto e negocio.Pensa bem porque se calhar até estou a penasr nos meus filhos.

    • António Nónimo diz:

      Fazes cobranças difíceis?
      Precisava que me arranjasses alguém para fazer visitas a um credor que me deve 25.000€.

      Se os sacares ficas com 10%.

      Sempre é mais útil que perderes tempo a chatear Renatos Carreiras. E sempre ganhavas algum dinheiro a arrancar cabeças.

  4. Ou apagas tudos os comentários que fizeste com o meu nome e com meu nickname ou então descubro de onde és e arranco-te a cabeça custe o que custar. Se apagares os comentários esqueço o teu blogue e a ti.

  5. Apaga tudo o que escrevesteb sobre mim que são falsos comentários pois até homosexual me estás a chamar ou então já sabes o que te acontece.Olha que descubro-te, se apagares esqueço o teu blogue e a ti.

  6. Ou para de publicares comentários em meu nome pois és o dono do blogue ou então descubro de onde és e arrancote a cabeça

  7. Pingback: 10 coisas odiáveis nos ciganos – redux | inÉpcia

  8. Coisas odiáveis na etnia branca:
    1ª- Pedofilia – São uns montros ao ponto de violarem os próprios filhos.
    2ª- Gays e Lésbicas- Até já concordam com o casamento entre pessoas do mesmo sexo.(hiii…)
    3ª Cambada de cornodos- as mulheres vão para cama com quem lhes apetece, mas no fim vem dormir (dormir e só dormir) com os maridos..
    4ª- Ladrões em larga escala – Não roubam, desviam fundos enormes.
    5ª – criminosos – naõ são( os estabelicimentos privisionais estão cheio deles)
    6ª – Traficantes -A droga apreendida volta a circular nas ruas..

    Querem mais peguntem á face oculta, á casa pia , ao secretário do presidente que apanhado com 40 quilos de droga, acho que já chega se não encheria milhares de páginas com vergonhas da vossa etnia.

    • R. Carreira diz:

      O teu comentário é tão idiota que nada que pudesse dizer conseguiria superá-lo. Parabéns.

      • A carapuça serviu-lhe não foi R. CARREIRA?
        TODOS OS ATRIBUTOS DA SUA ETNIA (BRANCA) DESCRITOS ENCAIXAM CONSIGO JÁ VI.
        DESABAFE NÃO TENHA VERGONHA , PEÇA AJUDA AOS VOSSOS PADRES PODE SER QUE ELES O AJUDEM, hihihihihihihihi…….

      • Gostaria á parte destes insultos de ambas partes,pois ao falar da etnia cigana está de alguma forma a ofender-me pois eu não me considero um cigano como tu os descreves de forma nenhuma de te mostrar que existem no nosso país ciganos que são sem sombra de dúvida superiores a ti. quando quesires debater este assunto estou disponivel de debater como duas pessoas civilizadas.

        • R. Carreira diz:

          O que nos diferencia aqui (além de tu estares geneticamente mais habilitado a dançar flamenco e a ler a sina) é que eu percebo a diferença entre insultos e brincadeira.

          E também escrevo com menos erros.

          • Estás redondamente enganado meu ignorante dado que não sei ler a sina nem dançar flamenco.
            A unica diferença entre nós é que eu como cigano considero-me mais do que tu.
            E quanto á questão das ofensas foste tu que começaste pois escreves-te um texto cheio de ideias
            racistas.

          • Tu R Carreira não passas de um mero coitado que quer de alguma forma quer protagonismo
            e não sabe como. Então surge a ideia de te virares contra os ciganos so que podes ter azar e o
            tiro sair-te pela culatra.
            Ps: pensa bem nestas palavras.

          • O ultimo comentário não é uma ameaça mas uma forma de sensibiliza-lo
            a pensar antes de escrever. Pois deve lembrar-se sr. Ricardo que já esteve muito
            tempo fora da blogesfera porque recebeu em casa uma multa(salvo erro de 500 euros) para pagar por
            causa de um blogue seu, quer que aconteça o mesmo.Tenho conhecimentos para que
            possa acontecer.

            • R. Carreira diz:

              Começava por pedir que condensasses as tuas respostas a um comentário de cada vez. É mais fácil ler opiniões de merda quando estão todas juntas.

              1- Se não sabes ler a sina, nem dançar flamenco, acho que ainda vais a tempo de aprender. Já dizia o Mahatma Gandhi: “O saber não ocupa lugar.”

              2- Hmmm… Já pensei. (Ouve-se autoclismo…)

              3 – Não. Era precisamente isso. Uma ameaça. Mesmo que te tenhas arrependido e voltado cá meia hora depois para dizer o contrário. Essa do “sr. Ricardo” é engraçada. A multa ainda não chegou cá e nunca estive dentro da blogoesfera. Sei que não devia duvidar dos conhecimentos de um suposto “cigano” junto da justiça, mas não resisto.

              • António Nónimo diz:

                Estás fodido. O gajo vai-se chibar ao tipo que manda nas feiras de Portugal.
                Quando deres conta, aparece-te o Paulo Portas à frente e dá-te uma chinada.

                • R. Carreira diz:

                  É melhor estares calado se não quiseres que te passe também uma multa de 500 euros e te suspenda da blogoesfera, Alberto Nónimo.

                  • J. Seabra diz:

                    DESculpem troquei o nome por engano e escrevi como realeza mas nos fundo eu é que sou homosexual e
                    e queria fazer amizades com quem quiser.

              • Gostava de assumir perante todos a minha homossexualidade e aproveitava para anunciar a minha disponibilidade para fazer amizades (ou algo mais).

              • tão e os portugueses que gozaste ao longo do tempo? e as maiorias absolutas e relativas que dão poder de decisão aos mesmos ciganos, digo compatriotas? Que é feito do estigma do roubo e do escárnio? Como te desacalças disso sem te despedires da blogosfera, ou pelo menos de ávidos leitores (vagamente similares à minha pessoa)? Exijo retractação, ou pelo menos uma tshirt do Sócrates, ou passo o teu nome a uns familiares que trocam o teu IP por uma morada (ou quiçá um insulto, ou argumento de má instrução gramatical), provavelmente devido à ansia simultânea do acordo ortográfico e do interesse das máfias de leste. Ou não. Que sei eu de ladrões?

  9. Um verdadeiro achado!
    :)
    (e enchem as salas de espera dos hospitais…)

    Vou fazer uma T-shirt com o 1.º ponto e da próxima vez que feirar levo-a vestida.
    Achas bem?