Financial Times considera Teixeira dos Santos o pior ministro das Finanças mas o segundo governante mais sexy

Ocupado a negar a inevitabilidade da pior crise global das últimas décadas, Teixeira dos Santos tem finalmente motivo para sorrir depois de o Financial Times o ter eleito, em simultâneo, o pior ministro das Finanças da Zona Euro e o segundo governante mais sexy, atrás do ministro lituano da Saúde, Gediminas Cerniauskas. A distinção como pior titular da pasta das Finanças poderá não ser muito positiva, mas o ministro terá aprendido com José Sócrates a concentrar as suas atenções nos aspectos positivos, fazendo de conta que os negativos não existem ou negando-lhes importância. O ranking dos ministros das Finanças foi elaborado a partir dos indicadores económicos de cada estado e da opinião de um painel de especialistas, enquanto o ranking de sensualidade ministerial foi elaborado com base em impulsos hormonais emanados das zonas pudendas dos analistas. Ao que a Inépcia apurou, o elemento a fazer pender a balança em favor do ministro português terá sido uma fotografia tirada no último Verão numa praia nudista, na qual Teixeira dos Santos surge deitado, exibindo os seus dotes naturais habitualmente mais ocultos, além da perfeição prateada do cabelo e dos lábios carnudos e calorosos de peixe de águas profundas. A fotografia terá sido remetida em envelope com o timbre do primeiro-ministro rasurado a caneta. Instado a comentar, o ministro escusou-se, ocupado com uma rusga policial que lhe descobriu um núcleo escondido dos No Name Boys na gaveta das peúgas. O Financial Times considerou também Manuela Ferreira Leite como a líder de oposição europeia com ironia mais refinada, mas a presidente do PSD rejeita a distinção, empenhada em cumprir a promessa feita a figuras destacadas do partido de passar seis meses sem tentar ser espirituosa.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *