Nova imagem de Manuela Ferreira Leite é ainda mais repelente do que a actual

Depois de Marcelo Rebelo de Sousa aludir à necessidade de a presidente do partido alterar a sua imagem, a máquina social-democrata não perdeu tempo e a Inépcia sabe que essa nova imagem estará já definida depois de brainstorming envolvendo três especialistas brasileiros em marketing político fechados numa mala de viagem durante 48 horas seguidas com uma garrafa de rum e duas dúzias de ovos moles. No entanto, há dúvidas quanto à eficácia do novo visual. Que o diga o presidente do grupo parlamentar do PSD, Paulo Rangel, que vislumbrou por acidente uma fotografia de Ferreira Leite com a sua nova imagem na sede do partido. O incidente foi presenciado por Pedro Passos Coelho, candidato derrotado nas últimas eleições internas, que se encontrava no local, prendendo um pacote suspeito à cadeira presidencial com adesivo. “Vi o Paulo entrar, passar pela mesa onde estava a fotografia, olhar por uns segundos e foi o que bastou,” recorda. “Ficou muito pálido, vomitou copiosamente, murmurou qualquer coisa sobre verrugas e pelancas e caiu redondo no chão.” Posteriormente, viria a recuperar do incidente, mas sem qualquer memória do sucedido. Passos Coelho apenas viu a fotografia a uns oito metros de distância, o suficiente para se sentir agoniado, referindo apenas que havia claramente Manuela Ferreira Leite a mais e tecido a menos. Uma figura destacada do partido (que pediu anonimato por se encontrar em processo de reabilitação de imagem depois de implicado num escândalo bancário e cujo nome rima com Pias Coureiro) levantou sérias dúvidas à eficácia da manobra, considerando que uma nova imagem tão horrífica apenas ajudará o partido se o PS substituir José Sócrates pelo cadáver de Almeida Santos, desmentindo que o mesmo esteja vivo e garantindo que esteve presente no funeral há vários anos.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *