Toucinho do Céu

honeyHoje venho mesmo estafada. Tive um dia complicado na clínica onde faço depilações. Não é o trabalho em si que me cansa, pois preparar ceras e puxar pêlos é comigo e até me alivia tirar os buços de certas caras que no fim até se tornam bonitas sem aquela sombra. O que me cansa mais é ter de conviver com mulheres durante um dia inteiro. As mulheres são umas vacas umas para as outras. Quer dizer, há que esclarecer: umas são vacas e outras são éguas. A diferença é que as vacas só emitem mugidos, muitas vezes entredentes e pouco mais. As éguas relincham e dão fortes coices que aleijam.

Hoje, estava eu na recepção a ver uns flyers de uns produtos novos que chegaram, quando entra uma jovem que pergunta se fazíamos depilações púbicas artísticas. Eu por acaso faço e sou a única da clínica que fez o workshop de especialização, portanto, como é evidente, respondi logo que sim, que fazia. Fiquei super contente, porque não é todos os dias que tenho a oportunidade de fazer algo mais criativo na minha actividade e eu sempre me senti profundamente ligada à arte, por isso foi óptimo. A moça ficou logo tão contente como eu e disse-me que queria fazer uma depilação total na vagina e atrás também, mas no monte de Vénus queria os pêlos trabalhados em forma de morango, com a devida coloração a vermelho, a verde a ligeira ramagem em cima, e depois uns dots a branco – o que lhe dá todo o sainete. Estive mais de uma hora com ela no gabinete e no fim, não é para me gabar, mas ficou lindíssimo. Eu pessoalmente adoro ver este tipo de coisas, é diferente pronto (já fiz corações, letras diversas, o coelhinho da Playboy e em mim própria já tive um pequeno golfinho que, claro está, com o tempo desfigurou-se e depois nunca mais me deu para fazer).

Como disse, é diferente. É daquelas coisas que se adora ou odeia.

Bem, enquanto a rapariga esteve lá, aquelas vacas e éguas eram todas sorrisinhos e simpatias, até porque a cliente ia pagar uma boa quantia pelo serviço e como eu trabalho bem e a nossa clínica é super limpinha, há muitíssimas possibilidades

primeiro – de ela voltar

segundo – de trazer clientes

Porque neste negócio as coisas funcionam muito na base do boca-a-boca e as mulheres lá nisso, adoram dar e receber conselhos.

Só que, assim que a cliente se foi embora, foi horrível. Em relação a mim tratam-me nas palminhas, muito bem mesmo, até porque sou eu a quem elas abrem as pernas quando têm de se depilar e convém não haver mau ambiente e maus entendidos. Uma mulher armada com espátula e cera tem a faca e o queijo na mão.

Agora, as coisas desagradáveis que disseram da cliente, é que me revoltam – e que era foleira, e que isto era coisa de puta, e que até deve fazer mal à saúde da vagina, e que era isto e que era aquilo. Enfim.

Eu sou uma pessoa informada, sei que estas opções não fazem mal nenhum, pelo contrário. Além de que visualmente é um regalo. Mas é a minha opinião. Qual é a vossa? E já agora pergunto que formas é que gostariam de ver desenhadas com a pilosidade pública?

Ultimamente ando sem ideias para formas, parece estar tudo muito visto.

Beijinhos.

3 Comentários

  1. Jugoslávio Girassol diz:

    Uma Manuela Ferreira Leite com a seta do PSD lá em baixo seria coisa de se contemplar.

  2. António Nónimo diz:

    Eu, pessoalmente, não gosto de mulheres depiladas em baixo. Dá um certo aspecto pré-púbere e perturba-me.

    São gostos… A cada um a sua rata.

    Mas acho que o símbolo da Mercedes ficava giro.

  3. eu estou na inglaterra há nove meses e ainda não encontrei um sítio para fazer depilação a cera. tamb+em ainda não procurei, mas faz tanta tanta falta!!! Uma vez que se experimente depilação completa lá em baixo, não se quer outra coisa!

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *