Carolina Patrocínio convida para vice-mandatária empregada que lhe limpa o nariz

5701_carolinaA mandatária do PS para a juventude anunciou na rentrée política que a empregada encarregue de lhe limpar as narinas usando o indicador partilharia as suas responsabilidades na campanha eleitoral. Com esta iniciativa, Carolina Patrocínio pretendeu mostrar que trata as suas empregadas de forma digna. Isaura Mota, de 48 anos, trabalha para a família Patrocínio há oito anos e não se queixa da tarefa, recordando que a sua função original foi limpar Carolina depois de esta se servir da retrete, até a compra de um bidé automatizado lhe valer a promoção. Num vídeo polémico disponível na internet, a mandatária de Sócrates admite apenas comer cerejas depois de a empregada lhes retirar os caroços. Rejeitando acusações de ser uma fedelha rica e mimada, Carolina Patrocínio refere que a sua antipatia pelos caroços de cereja é normal e que isso nada terá a ver com posses materiais. “De certeza que as empregadas das pessoas pobres também lhes tiram os caroços da fruta”, refere. “Além disso, enquanto lhe entregava o cheque da mesada, perguntei à empregada que me trata das cerejas se o trabalho lhe desagradava e disse-me que não,” explica. “Seja como for, a situação está resolvida. Despedi-a como medida preventiva. Assim, sempre tem mais tempo para os cinco filhos e  para o marido paraplégico.” A mandatária não quis perder mais tempo com comentários, dizendo ter lido numa revista que as pessoas com os olhos demasiado próximos parecem estúpidas e precisar de procurar tratamento estético adequado. Fonte anónima do PS nega que o partido tenha escolhido uma celebridade televisiva de cabeça oca apenas para conquistar votos, garantindo que foi a escolha certa, depois de se confirmar que Luciana Abreu nutre simpatias social-democratas e que pretende dedicar-se a conceber o bebé preto que tanto deseja com o seu companheiro, o futebolista Yannick Djaló.

14 Comentários

  1. pois, tendes todos raza, mas eu food ia tanto, mas taaaaaanto

  2. Boa!!

  3. A Carolina é uma infeliz, ainda não descobriu o quanto é fenomenal e espectacular, encher a boca de caroços de cerejas e depois dispara-los em todas as direções como se trata-se de uma arma. É o caroço a nível de aerodinamica/peso mais perfeito para tal, pois se comparar-mos com o da melancia que é espalmado e leve, voa logo em direcção favorável ao vento e não em direcção ao alvo; depois outro exemplo, o abacate: os beiços e a nossa caixa de ar não nos permite lançar esse mais longe que 0.50 metros, embora se fosse lançado pela Manuela Moura Guedes (força amiga, estou solidario contigo) deria uma arma mortal.

  4. Será exemplo a seguir…?

  5. esta rapariga é patética… precisa duma empregada para tirar caroços lol… ela não sabe realmente o que é dar valor à vida, nem ajudar os outros… nem deve ter senso quanto à dignidade e valores humanos… apenas mais uma rapariga egoísta e arrogante que coloca uma máscara de “boazinha” para iludir os outros… falsa e oca por dentro…

    • Eu acho isto fantastico, será que a empregada tb tira o caroço ao Uva??
      Ah e Tiago, és brilhante não desperdices esse teu talento, a tertúlia cor-de-rosa espera por ti.

      :)

  6. Ter alguém que tire os caroços das cerejas é algo do outro mundo…
    e fazer manchete de jornal mais bizarro é.

    É só pena é que não consigam tirar-lhe as pernas em parêntesis
    e, já agora, se não fosse pedir muito, tempo de antena. :(

    Bem-vindo, Renato!

    • A APPPC (associação portuguesa de pessoas com pernas em chaveta) vem por este meio mostrar-se solidária com as pessoas tem têm pernas em parêntesis e mostrar repúdio pelo seu comentário.
      Não são só as pessoas com pernas em pontos de exclamação ou em pontos de interrogação que têm o direito a aparecer na televisão (mesmo que por motivos menos interessantes).

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *