Parabéns, Pá!

Por arruinar em horas o trabalho de anos para apagar a imagem do futebolista irascível e violento, desejando apresentar-se como um senhor maduro, educado e racional, e por ensinar que devemos ser sempre fiéis à nossa natureza (para o bem e para o mal), a Inépcia tem o prazer de atribuir este Prémio Parabéns, Pá a

Ricardo Sá Pinto

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *