Pés de molho

Inicia-se aqui uma pausa para banhos estivais, durante a qual se processará uma reflexão intensa subordinada ao tema: “Fandango? Dança folclórica ou fonte de energia renovável?” Até breve.

2 Comentários

  1. Elanor (Luísa S.) diz:

    É uma questão de saber como aproveitar a energia cinética dos fandanguistas enquanto dançam.
    Colocou uma questão muito pertinente.
    Engenheiros, toca a trabalhar!

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *