Rui Pedro Soares afirma não haver nada de sinistro na sua compra do Belenenses

O antigo administrador da Portugal Telecom, envolvido numa hipotética conspiração com o último governo do PS para controlar a TVI, desmentiu a existência de intenções sinistras na compra da SAD do Belenenses por um grupo que encabeça. “Não percebo porque toda a gente olha para mim como se esperasse ver-me tirar uma cascavel viva do bolso”, afirmou. “Sou uma pessoa igual a qualquer outra e nunca se provou nada que negasse a minha idoneidade.”

Já na Assembleia Geral extraordinária que aprovou a alienação da maior parte do capital social da SAD, alguns sócios, incluindo os que votaram a favor, manifestaram alguma apreensão quando, após anúncio do resultado das votações, Rui Pedro Soares entrou no pavilhão ao som da Marcha Imperial do filme Guerra das Estrelas, escoltado por uma guarda pessoal fardada de preto. “Não se tratou de uma guarda pessoal, mas sim de vinte e cinco amigos que quiseram acompanhar-me neste momento feliz”, explicou. “O facto de estarem todos vestidos de preto foi uma coincidência. Os chapéus com caveiras e as braçadeiras com as iniciais RPS também.”

Aos que o acusam de, como adepto confesso do FC Porto, querer transformar o Belenenses num mero satélite, garante que não acontecerá: “Posso ser portista, mas não será por isso que o Belenenses será satélite do Porto. Também sou mamífero e isso não significa que obrigue todos os jogadores do plantel a terem sangue quente e o corpo coberto de pelos.”

O Belenenses encontra-se atualmente bem classificado na II Liga e o objetivo continua a ser o regresso ao escalão principal. Quanto aos rumores da construção de um túnel entre o Estádio do Restelo e a cave de uma casa de alterne em Rio Tinto, da oferta de um lugar cativo vitalício a José Sócrates e da presença nas instalações do clube de um indivíduo com grandes semelhanças físicas com Osama Bin Laden, não passarão disso mesmo.

2 Comentários

  1. Ricardo Pereira diz:

    Que espécie de palhaço é este?

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *