Padaria Central funde-se com Pastelaria Boa Viagem e passam a chamar-se “MOL”

Pães

Dois estabelecimentos vizinhos de Alfândega da Fé decidiram fundir-se numa operação financeira que promete alterar para sempre o tecido comercial daquela vila trasmontana. A partir de agora, deixarão de existir a Padaria Central e a Pastelaria Boa Viagem, dois marcos incontornáveis do comércio de víveres local, dando lugar à “MOL-Soluções de Panificação S.A.”, um projeto ambicioso com aposta forte em produtos inovadores como pão de forma, broa, queques e bolos de arroz.

A ideia partiu dos proprietários, Albano Excremento e Laurissilva Miosótis, vizinhos durante décadas, que, durante conversa em tarde de pouco movimento, decidiram fundir os negócios respetivos. “Estava a virar as bolas de berlim para manter o creme fresco quando me entra o vizinho pela pastelaria dentro e me diz: Ó Dona Laurissilva, e se nós nos fundíssemos? A princípio, estranhei, mas pensei melhor e vi que a ideia tinha potencial”, afirma a proprietária da extinta Pastelaria Boa Viagem.

O mais difícil foi encontrar o nome. “Ainda pensámos em dar o nosso nome ao novo negócio, mas preferimos não o fazer porque o meu nome não é dos mais agradáveis ao ouvido”, explica Albano Excremento. “Albano é um nome que não lembra ao diabo.” Acabaram por optar por uma solução vanguardista: combinar três letras cuja leitura quase produz uma palavra portuguesa e esperar que a clientela não ache o resultado demasiado estúpido.

Para assinalar a fusão, os proprietários da MOL gastaram o orçamento de oito anos numa festa de arromba com fogo de artifício e atores da TVI interpretando consumidores imparciais de pão e bolos, depois de terem despedido cinco dos nove funcionários. A população local acorreu em peso à festa, mas não fez qualquer despesa no estabelecimento, ouvindo-se dizer muitas vezes que os produtos da MOL apresentam um sabor uniforme a urina de rato.

Tags: ,

Um comentário

  1. Ciganos de Portugal inteiro fundem-se e criam a etnia LELo!
    Numa perspectiva de otimização de pedidos de rendimento mínimo e subsídios diversos, para comprar Audis e Mercedes, os agora LELos tem um ainda maior poder negocial.
    Ooppss esperem aqui nao se pode falar de ciganos senão eles ameaçam o Carreira de morte. Vá esqueçam o que está escrito atrás ok?

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *