Escavações da Scotland Yard no Algarve encontram petróleo

140602124537_portugal_624x351_reuters

Os buracos abertos por investigadores da polícia britânica nas imediações da Praia da Luz para encontrar vestígios de Madeleine McCann não conseguiram esclarecer o que aconteceu à criança inglesa desaparecida em 2007, mas o esforço não foi totalmente em vão, já que as escavações encontraram reservas de petróleo passíveis de tornar Portugal tão próspero como qualquer emirado do Golfo.

Entre gritos de júbilo da população local, eufórica com a riqueza assegurada pela descoberta do cobiçado “ouro negro”, o inspetor Albert Stockton da Scotland Yard admitiu em conferência de imprensa, com semblante carregado, que as investigações serão suspensas, comprometendo-se as autoridades portuguesas a notificar Londres se forem encontrados quaisquer sinais da desaparecida num dos incontáveis barris de crude que o país passará a produzir.

Os pais da criança, Kate e Gerry McCann, congratulam o seu destino de férias predileto pela imensa riqueza e esperam que parte dos fundos possa ser investida na prevenção de raptos de crianças estrangeiras inocentes levados a cabo por raptores invisíveis alados quando os pais as deixam sozinhas em casa para beber uns copos com os amigos.

Tags:

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *