Crato admite erro e planeta explode do outro lado da galáxia

388045

O ministro da Educação admitiu um erro do ministério que tutela no processo de colocação de professores e pediu desculpa aos lesado e ao país no mesmo instante em que observatórios astronómicos de todo o mundo captaram a explosão de um pequeno planeta no extremo oposto da galáxia.

Não se sabe ainda se os dois eventos estarão relacionados, mas os astrónomos não descartam a possibilidade de o segundo ter sido causado pelo primeiro. Recorde-se que, da última vez que Nuno Crato admitiu um erro (num telefonema em que marcou o número errado), um asteroide passou muito perto da Terra, quase pondo fim à vida como a conhecemos.

Como precaução, o titular da pasta da Educação prometeu já que não errará terceira vez.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *