Preço dos combustíveis só desce quando duendes maus deixam

gremlins2_2

Está finalmente explicado o fenómeno do preço dos combustíveis que sobe com o aumento do preço do barril de petróleo e quase nunca desce quando o preço evolui em sentido inverso. Segundo esclarecimento da Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas, sempre que se pensa em baixar o preço da gasolina ou do gasóleo, duendes malévolos surgem do nada e impedem violentamente os nobres executivos das gasolineiras de tornar os preços mais acessíveis, arranhando, mordendo e puxando cabelos.

Anula-se desta forma a possibilidade de as empresas petrolíferas terem como objetivo exclusivo explorar o cliente que se vê forçado a adquirir o seu produto num mercado em que, por artes mágicas, os preços praticados pelas várias marcas andam sempre muito próximos.

Para já, os portugueses não se preocupam com a sabotagem de criaturas sobrenaturais ao seu orçamento quotidiano, encontrando-se ocupados a celebrar a recente e rara descida de preço tomando banhos em piscinas cheias de gasolina ligeiramente mais barata.

Um comentário

  1. Fernando Seabra diz:

    E até mesmo a entidade reguladora é atacada por esses duendes que por artes mágicas não lhes permitem ver um cambão.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *