Cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko não está pronto para relação de longo prazo com sonda Rosetta

Rosetta_artist

Após aproximação da Rosetta ao corpo celeste atualmente posicionado entre os planetas Marte e Júpiter, o cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko, cujo nome de batismo é Flávio Gomes, alertou já para o facto de não estar emocionalmente preparado para se comprometer a longo prazo com a sonda enviada pela Agência Espacial Europeia.

“Estou disponível para acolher em mim o módulo Philae da sonda”, referiu o cometa Fábio em entrevista através do Skype, “mas só para uma aventura. Tenho-me sentido carente desde que terminei uma relação de oitenta anos-luz com um asteroide e preciso de carinho.”

Depois da acoplagem do módulo Philae ao cometa, a Rosetta pretende convidá-lo para jantar com os pais, mas ser-lhe-á dito que “talvez seja melhor darmos um tempo”.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *