Todos os militantes do Bloco de Esquerda passam a ser coordenadores

catarina-martins-ccb8

Depois do empate no congresso do partido, a mesa nacional do Bloco de Esquerda ultrapassou o impasse de uma forma inovadora e que resolve a questão sem excluir ninguém: todos os militantes passam a ser também coordenadores, com Catarina Martins como porta-voz desta gente toda.

A nova coordenação conjunta inclui as moções que concorreram às eleições internas e também todas as correntes bloquistas (os vegetarianos, os vegan, os budistas, os vegan budistas, os partidários da cannabis livre, os defensores dos animais, os defensores dos animais budistas, os trotskistas, os ciclistas, os cristãos-novos e as pessoas que só vieram ao congresso achando que haveria comida à borla), além de cidadãos individuais e de uma ou outra entidade paranormal filiada.

O ex-coordenador João Semedo escusou-se a fazer qualquer comentário enquanto lavava as mãos de forma teatral numa bacia de prata. Catarina Martins, ex-coordenadora e atual porta-voz, promete usar a sua experiência teatral para fazer vozes diferentes consoante a corrente partidária que encarnar.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *