Próximo livro de Álvaro Santos Pereira será sobre a sua breve carreira de stripper

MM-CB-01404r

Em “Despir Sem Medo”, o antigo ministro da Economia e dos Pastéis de Nata dá a conhecer um dos momentos mais aventurosos da sua vida, quando trabalhou como bailarino exótico num popular centro de visualização de pessoas nuas da capital. “Na altura, chamavam-me apenas Álvaro e era conhecido no meio por despir tudo até ficar só com a gravata”, explica.

Mas, apesar de admitir que foi uma experiência que o enriqueceu e o tornou uma pessoa melhor, esteve muito longe de ser um mar de rosas. “Havia muita intriga nos bastidores”, refere. “Lembro-me de um outro stripper, a quem chamarei PP, que recorria a práticas como vestir peças de roupa interior umas sobre as outras para parecer que se despia mais que os colegas e ludibriando assim os clientes. Sempre achei isso profundamente errado.”

O momento que Álvaro Stripper Pereira diz não esquecer na sua relação com PP foi o dia em que este se demitiu por não concordar com a necessidade de cobrir as nádegas com glitter e acabou por ser nomeado administrador-delegado do estabelecimento.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *