Passos Coelho pediu papel higiénico a Tsipras no WC do Conselho Europeu e não teve resposta

Floor-Mounted-Overhead-Braced-Toilet-Partitions

Contrariamente ao que afirmou aos jornalistas, a inÉpcia sabe que o primeiro-ministro falou realmente com o seu homólogo grego, mas preferiu não tornar público o breve diálogo por ter ocorrido em circunstâncias embaraçosas. Passos Coelho e Alexis Tsipras entraram em compartimentos contíguos numa das trinta mil casas de banho do edifício onde decorrem os conselhos europeus (o número elevado explica-se pela quantidade titânica de excremento habitualmente produzida em cada um destes eventos), tendo o primeiro constatado que o seu compartimento não possuía papel higiénico e pedindo ao segundo que lhe facultasse umas folhinhas, não obtendo qualquer resposta.

Questionado sobre o sucedido, Tsipras afirmou não se ter tratado de uma represália pelas declarações pouco abonatórias do primeiro-ministro português acerca da sua postura perante a austeridade grega, esclarecendo que um encontro anterior com Angela Merkel lhe provocara diarreia, não podendo dispensar qualquer folha do papel higiénico que tinha à mão.

O incidente só não foi mais grave porque, por acaso, Passos Coelho levava uma bandeira portuguesa no bolso.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *