Hospitais autorizados a contratar como médico qualquer pessoa com bata branca

Hospital Cloakroom - 11 Jun 2008

O ministério da Saúde autorizou os hospitais portugueses a contratar qualquer cidadão possuidor de uma bata branca para colmatar a falta de médicos que se verifica em muitos serviços. O ministro Paulo Macedo considerou esta medida essencial para normalizar a prestação de cuidados e lembrou que os custos para o estado serão inferiores aos da contratação de médicos reais.

Assim, a partir de agora, os hospitais poderão admitir dentistas, veterinários, farmacêuticos, padeiros e talhantes como médicos das várias especialidades, sendo que a contratação se alargará também a qualquer cidadão que possua uma bata branca, independentemente da formação académica ou experiência profissional. A posse de um estetoscópio (genuíno ou carnavalesco) será vista como qualificação acrescida.

No entanto, isto não significa que as contratações serão arbitrárias. Os candidatos a médico deverão submeter-se a um criterioso processo de seleção envolvendo a mostragem de fotografias de uma pessoa, um ouriço-cacheiro e uma begónia envasada, pedindo-se que identifiquem o ser humano em três tentativas. Para aumentar o nível de dificuldade, poderá ser acrescentada uma quarta fotografia, representando Marco Horácio ou mesmo Júlia Pinheiro.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *