Idoso trasmontano avisado por carta de que é o responsável por investimentos ruinosos da PT

aldeia_típica_transmontana

José Pardelha, um agricultor de 78 anos residente na aldeia de Vilar de Calhandra, concelho de Mogadouro, foi notificado por escrito da sua responsabilidade pelos investimentos ruinosos de 900 milhões de euros da PT na Rioforte, estando finalmente encontrado o legítimo titular da culpa que, durante tanto tempo, foi atirada de mão em mão.

O idoso reside sozinho na sua aldeia desde o falecimento da mulher há três anos. É analfabeto (teve que pedir ao carteiro que lhe lesse a carta) e a totalidade do seu património consiste em 400 euros escondidos debaixo do colchão e numa lata cheia de moedas de 25 escudos que enterrou em novo no quintal e cuja existência esqueceu entretanto. Deverá agora apresentar-se no Parlamento para responder às questões da comissão de inquérito ao caso BES, logo que encontre quem lhe alimente as galinhas.

Quanto à responsabilidade pelo descalabro do império Espírito Santo, os últimos indícios apontam para a culpa exclusiva de uma criança de 3 anos residente em Odemira.

 

Um comentário

  1. A ser verdade esta notícia, só revela o estado de desespero absoluto das gentes dos dinheiros, para protelarem e quem sabe, lançar poeira para os olhos do “Zé Povinho”, enquanto vão usufruindo dos juros que os montantes em questão vão dando!!!!! No mínimo é revoltante e merece o meu total repúdio.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *