Os bancos de que Portugal precisa

Hyena

Ah, a banca. Que seria de nós sem a banca? Talvez fôssemos mais felizes. Ou mais desgraçados. Talvez a civilização como a conhecemos não existisse sem os bancos. Talvez nos transformássemos todos em anfíbios bípedes com cabeça de faisão se, de repente, deixássemos de poder fazer depósitos a prazo. Mas uma coisa é certa: os bancos existem. Até deixarem de existir. Quando isso acontece, é preciso inventar bancos novos. Inventei estes agora mesmo.

BTH — Banco Tendencialmente Honesto

LEMA: “Confie em nós.”

BCLAP — Banco Com Ligações A Pessoas

LEMA: “Amigo dos nossos amigos.”

CQD? — Caixa Qual Dinheiro?

LEMA: “As poupanças de uma vida aniquiladas num segundo.”

BIP — Banco Internacional Psicopata

LEMA: “Investimos tudo em facas.”

BPT — Banco Perca Tudo

LEMA: “Não diga que não avisámos.”

CGI — Crédito Ganancioso Intercontinental

LEMA: “DINHEIROOOOOOOOOOOOOOOO!”

UBD — União de Bancos Delirantes

LEMA: “Passarinhos, barcos à vela e noz moscada.”

BTAE — Banco Tudo Às Escondidas

LEMA: “A clareza é a nossa missão.”

BAD — Banco Angolano Duvidoso

LEMA: “Com cada conta aberta, um cartão de militante do MPLA.”

BP — Banco Péssimo

LEMA: “Muito mais que um banco mau.”

BDL — Banco Dias Loureiro

LEMA: “A confiança tem nome.”

AEB — A Entidade Bancária

LEMA: “Ninguém consegue explicar o que fazemos, mas fazemo-lo bem.”

CBC — Crédito Bancário Catastrófico

LEMA: “Vai correr tudo bem.”

BL — Banco LOL

LEMA: “:-D”

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *