Crónicas da Crise

O Choque

O Choque

Acordei sem sentir as pernas. Doía-me o pescoço, a cabeça, os braços, mais o direito que o esquerdo. Doía-me tudo. Até a alma. Senti dedos frios forçarem pálpebras doridas a abrir. Uma cara de lua cheia com narinas peludas apontava-me […]

Ego

Ego

Raczinsky e Utwarg fizeram questão de me mostrar a galeria apenas na véspera da abertura. Dois meses antes, fora distinguido com o primeiro prémio do prestigiado e prestigioso concurso da Sociedade de Apreciação Pictórica por um óleo de parede inteira […]

Repolho

Repolho

A primeira coisa que vi quando entrei foi um póster emoldurado com bebés vestidos de fruta enfiados numa cesta. Percebi logo que a coisa ia dar para o torto. O escritório era uma sala reles com duas secretárias encostadas à parede e voltadas uma para a outra. Ao fundo, havia uns arquivadores de chapa e uma porta, possivelmente para a cagadeira.