Inépcia 2-A outra inépcia

Arquivos


Segunda-feira, Fevereiro 17, 2003

 
Bush conta com apoios de peso na Europa

O presidente dos Estados Unidos da América e primata-mor da Grande Ordem dos Atrasadinhos de Cristo, George WC Bush, mostrou-se satisfeito com o apoio de vários líderes europeus a uma intervenção militar "preventiva" no Iraque. "Com esta demonstração de amizade, ficamos a saber quais são os aliados com que podemos contar e quais os que não alinham na nossa luta contra o terror, ou seja, os que alinham pelos terroristas, pelos inimigos da liberdade e da democracia em geral e pelos molestadores de coelhos," afirmou Bush numa conferência de imprensa realizada numa das casas-de-banho da Casa Branca. Apesar de a opinião pública mundial parecer largamente desfavorável a uma guerra com o Iraque, Bush continua a insistir na necessidade de desarmar o regime de Saddam Hussein, custe o que custar, e, para isso, conta com o apoio dos aliados do costume, o Reino Unido, e de um conjunto de potências europeias. Para além da Espanha, de Portugal e da Itália, os americanos contarão com o apoio incondicional de países como a Bulgária, a Croácia, a Albânia, a Estónia e a Eslováquia, entre outros, apoio esse que, de acordo com especialistas militares, será imprescindível para que uma operação de desarmamento forçado do Iraque seja bem sucedida. Ao que a Inépcia apurou, alguns destes países terão já disponibilizado meios militares para juntar ao contingente anglo-americano. Assim, a diminuta e milenar república de São Marino ofereceu uma companhia de besteiros medievais (com sete elementos), a Albânia disponibilizou cinco burros e uma mula e três pastores armados com metralhadoras Kalashnikov em segunda-mão, enquanto que a Roménia ofereceu um batalhão de pedintes de etnia cigana. Quanto ao nosso país, o ministro da Defesa, Paulo Portas, anunciou que Portugal já se ofereceu para não atrapalhar. O secretário da Defesa americano, Donald Rumsfeld, agradeceu os meios militares oferecidos e referiu que os Estados Unidos "não esquecerão os seus amigos na hora de retalhar o Iraque", corrigindo o que disse para "pacificar o Iraque" assim que se apercebeu de que lhe tinha fugido a boca para a verdade.
6:56 PM


Terça-feira, Janeiro 21, 2003

 
CGTP quer copiar modelo venezuelano

por Severiano Camões, correspondente em Paramaribo

Carvalho da Silva, secretário-geral da CGTP Intersindical, mostrou-se indignado com a falta de diálogo e cooperação do Governo de maioria de direita. Em declarações à Inépcia, o dirigente sindical disse que seria óptimo que os portugueses pudessem usar o exemplo dos venezuelanos na sua luta por melhores condições de vida, mas o problema está, diz, “ao nível da governação”.
Foi desta forma que Carvalho da Silva explanou as suas ideias: “quem concebeu a greve na Venezuela deveria ver um estátua ser-lhe erguida”, disse. “Não há nada que dois meses de greve não resolvam, mais cedo ou mais tarde os governantes daquele país vão começar a perceber que também eles vão ter que fazer greve ou vão acabar por perder o bronzeado”.
Mas, para a CGTP, a mesma greve dificilmente resultaria em Portugal: “os problemas começam logo no Governo. Durão Barroso é um paz de alma, Paulo Portas é um menino quando comparado com Hugo Chavez. Ora se os nossos ministros são uns pães-de-ló, como é que nós vamos conseguir convencer o povo a revoltar-se contra eles?”. E, depois, haveria toda uma questão logística a ponderar: “o único petróleo que temos está no mar e foi derramado pelo Prestige; para haver um bloqueio imposto pelas forças militares, era preciso que os militares tivessem força; estão a imaginar o bloqueio ao consumo de Coca-Cola? Haveria logo tumultos à porta dos restaurantes McDonalds e ninguém está para isso, ninguém quer ficar sem a sua hamburguer e sem a sua coca-colazita...”
O dirigente sindical defende que “uma greve deste calibre só irá resultar quando os governantes perceberem o que têm a ganhar com isso”. E acrescenta: “vamos deixar-nos de hipocrisia – o mês de Agosto já é um autêntico mês de greve, porque não há tribunais, nem Assembleia da Rapública, nem serviços públicos, nem Finanças, nem escolas... e isso nós não podemos admitir! Não podemos deixar que seja o governo a decidir quando é que nós fazemos greve”.
9:47 PM


Sexta-feira, Janeiro 17, 2003

 
Músicos portugueses preparam hino do Euro 2004

A comissão organizadora do Euro 2004 cedeu à pressão movida pelos músicos portugueses na sequência da escolha de Phil Collins para compor o hino oficial da competição e decidiu lançar um concurso em que serão aceites composições originais em português para posterior avaliação e comparação com as propostas do cantor inglês, avaliação e comparação essas que serão feitas nas mais rigorosas condições de igualdade. Na sequência desta decisão, foram já enviados à Federação Portuguesa de Futebol vários trabalhos de artistas portugueses conceituados e de outros mais ou menos anónimos. O presidente da FPF, Gilberto Madail, mostrou-se confiante nas capacidades dos músicos nacionais e não nega a possibilidade de Phil Collins ser remetido para segundo plano por Ruth Marlene ou pelos Milénio. De entre algumas das composições já recebidas, destacam-se "Tira a bolinha daí" da popular Chiquita, "Euro Cu" do popular Quim Barreiros, "Avózinha, vamos ao Euro" do popular Luís Filipe Reis, "A Bela Selecção Portuguesa" do popular Marante, "Tunga Tunga no Penalty" do popular Emanuel e "Foda-se, 'tá fora de jogo" dos populares Ena Pá 2000. A contribuição mais esperada é a do cada vez mais popular Toy que promete compor qualquer coisa mal termine o seu reality-show que entrou numa fase decisiva em que os membros da família menos populares começarão a ser expulsos de casa independentemente da idade e com a excepção do cão porque toda a gente sabe que não se abandonam os animais em circunstância alguma. No entanto, o cantor adiantou já que o título da sua proposta para o hino do Euro será "Se queres jogar e não tens par, chama o António."
11:55 PM


Quinta-feira, Janeiro 16, 2003

 
Netcabo sorteia acesso à internet que funciona mesmo

A Netcabo, o maior fornecedor de acesso à internet por cabo em Portugal, anunciou recentemente que, numa tentativa de melhorar a imagem da empresa, irá sortear entre os seus clientes, cinco acessos à internet por cabo que funcionem pelo menos tão bem como aquilo que é anunciado. A iniciativa destina-se a premiar a fidelidade tradicional dos clientes do serviço Netcabo que, apesar de o serviço prestado estar muito distante da tão badalada "internet supersónica", aproximando-se mais de um acesso telefónico com ligeiros e ocasionais picos de forma que nunca duram muito tempo, optam por não rescindir os contratos. O director da Netcabo, Joaquim Infopobre Arroba, garantiu à Inépcia que "a empresa tem condições para fazer o sorteio sozinha e, quase de certeza, não haverá os problemas que costumam surgir em tudo o que fazemos porque a incompetência é uma coisa que não desaparece de um momento para o outro e não temos pessoal qualificado para começar a estudar um modo de nos livrar dela." As declarações ficaram por aí porque Joaquim Arroba teve de fazer um telefonema para o suporte técnico da sua própria empresa visto que não conseguia aceder ao seu e-mail há uma semana.
3:27 PM


Quinta-feira, Janeiro 09, 2003

 
Camacho Costa será beatificado

Na sequência da onda incompreensível de veneração dos talentos inexistentes do actor Camacho Costa fruto da operação "Vamos Fazer Humoristas à Força" promovida pela Sociedade Portuguesa de Tédio e pouco tempo após este ter sido abençoado pelo papa João Paulo II, o actor confidenciou à comunicação social que o representante papal que lhe transmitiu a benção garantiu que o processo da sua beatificação estava bem encaminhado. A Inépcia contactou os serviços da Santa Sé responsáveis pelas canonizações e beatificações e obteve a confirmação. De acordo com o cardeal Giovanni Bela Napoli, "a Santa Sé só espera a morte do actor para oficializar a beatificação visto que os regulamentos da Igreja proíbem beatificações em vida." Ao que parece, o Vaticano decidiu oferecer uma beatificação aos portugueses por ter constatado que o número mínimo de beatificações anuais exigido pelos cânones no ano de 2002 não foi cumprido. Após consulta a várias personalidades públicas portuguesas de vários sectores, Camacho Costa foi o nome mais vezes citado nas escolhas para beatificação com Amália Rodrigues e António Oliveira Salazar em segundo e terceiro lugar, respectivamente. Alguns anos após beatificação, Camacho Costa será canonizado com o nome São Camacho e será designado padroeiro dos oportunistas sem escrúpulos.
7:48 PM


Quarta-feira, Janeiro 08, 2003

 
José Viana

José Viana, actor, pintor e um dos maiores nomes do humor em português de todos os tempos deixou de estar entre nós. Ficam anos a fazer rir quem teve o privilégio de o conhecer e fica também a sugestão para que se vá desenterrar o seu trabalho aos arquivos da RTP. Já agora, a morte de José Viana é uma oportunidade única para todos aqueles que gostam de inventar homenagens póstumas a supostas "grandes figuras do humor" que ainda nem sequer morreram. E, desta vez, nem é preciso esforçarem-se para fingir que acreditam nos elogios que fazem.
9:56 PM


Terça-feira, Janeiro 07, 2003

 
Fátima Felgueiras casa com Pimenta Machado

A polémica presidente da Câmara Municipal de Felgueiras e salteadora de estrada em part-time e o presidente do Vitória Sport Clube de Guimarães anunciaram que o seu casamento está para breve numa festa íntima que teve como únicos convidados a família, os amigos mais próximos e todos os jornalistas do país. Recorde-se que tanto Fátima Felgueiras como Pimenta Machado foram recentemente detidos pela Polícia Judiciária, passando a noite nos calabouços e sendo libertados após pagamento de fiança avultada na madrugada seguinte. Em ambos os casos as acusações estiveram relacionadas com corrupção, apropriação de dinheiros públicos e exposição indecente, acusações que ambos os arguidos refutam como sendo parte de uma grande cabala montada contra as suas dignidades pessoais por interesses estranhos. Com o matrimónio, Felgueiras e Pimenta Machado pretendem unir esforços contra a perseguição de que têm sido vítimas e exigem ser detidos em conjunto para tornar o tempo passado na prisão mais suportável. Quanto ao facto de ambos serem já casados, Pimenta Machado afirmou que "quem já é inocente de tanta coisa, também pode ser inocente de bigamia."
9:30 PM


This page is powered by Blogger. Isn't yours?