Inépcia: s.f. (do latim "ineptia") 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

Nossa Senhora de Caravaggio assina contrato com a Federação Portuguesa de Futebol

Pela primeira vez na história do futebol português, uma entidade sobrenatural formaliza um vínculo contratual com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), dando-se assim mais um passo de gigante em direcção à afirmação de Portugal como potência futebolística a nível internacional. Trata-se da Nossa Senhora do Caravaggio, aparição da Virgem a uma camponesa da localidade italiana de Caravaggio no século XV e cuja devoção foi levada para o Brasil por emigrantes italianos. Os portugueses ouviram falar nela pela primeira vez quando o seleccionador nacional, Luiz Felipe Scolari, ele próprio descendente de italianos, confessou a sua devoção à santa e mostrou a imagem que sempre o acompanha. Terá sido a sua influência a colocar Portugal na final que acabaria por perder para esse colosso do futebol mundial que é a selecção grega.

Para o presidente da FPF, Gilberto Madail, a assinatura deste contrato significa que “Portugal poderá contar a partir de agora com os préstimos exclusivos da santa que continuará a desenvolver o trabalho realizado até aqui na qualidade de conselheira espiritual.” Em relação aos valores envolvidos, Madail não os revela mas refere que “os profissionais de gabarito não podem ser baratos.”

Scolari, que estendeu o seu vínculo à FPF até ao mundial de 2006, mostra-se satisfeito por poder trabalhar com a santa da sua devoção de forma mais próxima. “Esta colaboração com Nossa Senhora do Caravaggio será útil sobretudo na táctica, na disposição dos jogadores em campo e nas substituições, áreas que confesso não dominar porque sou mais um homem de motivação e fé em Deus,” explica.

Não se trata da primeira santa do panteão católico a assinar contrato com uma equipa de futebol. São Francisco de Assis faz parte há vários anos da equipa técnica da “squadra azzurra” apesar de ter salários em atraso, o que poderá explicar as recentes prestações dos italianos nas competições internacionais, enquanto que a selecção nacional do Luxemburgo conta com o apoio de São Sebastião, um santo cuja experiência em ser martirizado talvez não seja a mais indicada para uma equipa de futebol que quer ganhar.

O único problema relacionado com a contratação foi provocado pela devoção de Luís Figo a Nossa Senhora de Fátima e por o capitão dos portugueses entender que a opção devia recair sobre uma santa nacional. O diferendo acabaria por ser sanado pelo próprio presidente da FPF quando lembrou Figo de que a questão das nacionalidades já não tem grande importância no futebol actual como o demonstram o número crescente de jogadores a actuar em selecções que não as dos seus países de origem como é o caso de Deco na selecção portuguesa.

Nossa Senhora do Caravaggio mostra-se confiante na realização de um trabalho válido e explica que o objectivo é a qualificação para o próximo campeonato do mundo, não rejeitando a possibilidade de operar um milagre se as coisas começarem a dar para o torto como é provável que aconteça.

Recuar