E-zine satírico sem corantes nem conservantes

Casamento de Alberto do Mónaco com Pamela Anderson cada vez mais provável

O príncipe Alberto II do Mónaco poderá anunciar brevemente o seu casamento com a famosa actriz canadiana Pamela Anderson, dando sequência a uma tradição de casamentos entre príncipes monegascos e actrizes norte-americanas, iniciada com o casamento do pai, Rainier III, com a mãe, Grace Kelly.

Como já tinha acontecido aquando do casamento dos pais, Alberto terá de enfrentar insinuações maldosas de que a escolha da noiva se deve unicamente a motivos relacionados com a captação de atenções mediáticas para o principado. De acordo com o ministro de Estado do Mónaco, Patrick Leclercq, "o príncipe conheceu a actriz numa convenção sobre oceanografia na Jamaica, paixão que ambos partilham e, a partir desse primeiro encontro, houve logo uma grande empatia." Quanto a pormenores adicionais do namoro, que parece já decorrer de forma discreta há alguns meses, o ministro pediu paciência e anunciou que a versão final do relato dos acontecimentos se encontra agora em processo de revisão.

A Inépcia contactou Pamela Anderson na sua residência em Beverly Hills e a actriz confirmou que existe uma relação "com esse conde ou príncipe ou lá o que é" e que o casamento é uma possibilidade muito séria porque o "amor é uma coisa inesperada e pode ser muito proveitosa monetariamente."

No entanto, o casamento poderá não se justificar exclusivamente com motivos promocionais, existindo também consequências geoestratéticas se o enlace se concretizar. Actualmente, o Mónaco é o segundo estado independente mais pequeno do mundo (a seguir ao Vaticano) e, com a fixação em permanência de Pamela Anderson no principado, a área do país triplicaria de imediato visto que cada um dos seios da actriz é ligeiramente superior à superfície actual do território.

www.inepcia.com