E-zine satírico sem corantes nem conservantes

Cientistas querem comercializar clones robóticos de José Mourinho

Um grupo de especialistas em robótica da universidade japonesa de Fukuoka está a desenvolver um clone robótico do treinador português José Mourinho que deverá estar à venda em breve e poderá ser adquirido pelos clubes que necessitem de um treinador e não tenham fundos ou paciência para contratar o original.

O Mourinho mecânico, baptizado com a designação MR 1, trocadilho feito com o facto de os treinadores de futebol serem habitualmente tratados por “mister,” está praticamente concluído, esperando-se que a versão final consiga reproduzir na perfeição todas as características que fizeram de José Mourinho um dos melhores treinadores do mundo para muitos especialistas e o melhor do universo de acordo com opinião do próprio. Entre as características reproduzidas, merecem destaque a capacidade de motivação quase sobrenatural dos jogadores, o arrojo táctico e a personalidade vincada que, muitas vezes, desperta ódios nos jogadores, dirigentes, adeptos das equipas adversárias e também nas suas tias. Falta finalizar o chip que permitirá detectar comportamentos incorrectos do árbitro e melhorar a capacidade de provocar o ódio dos adeptos adversários que ainda só funciona a 30% do que seria de esperar, não se conseguindo sequer uma única ameaça de morte digna desse nome.

Cada MR 1 será vendido com um conjunto de acessórios que incluirão uma gabardina impermeável com sistema hidráulico de levantamento de gola, um kit de simulação de barba por fazer aplicável na pele sintética do andróide e um conjunto de fotografias de esposas e mães dos líderes das claques dos principais clubes europeus em trajes menores e poses escandalosas.

Entre os potenciais interessados estão o FC Porto e todos os clubes da Primeira Liga inglesa com a excepção do Chelsea. Quem não puder esperar até ao lançamento do MR 1, que ocorrerá em meados do próximo ano, poderá comprar os dois protótipos incompletos que já se encontram à venda e que foram baptizados, respectivamente, Peseiro XS e Couceiro R2.

www.inepcia.com