Inépcia: s.f. (do latim "ineptia") 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

Livros de Férias Constância para adolescentes já são uma realidade

A Constância Editores, conceituada editora de livros didácticos infantis, decidiu enveredar por uma nova área do mercado e editar o primeiro “Livro de Férias” destinado ao público entre os treze e os dezasseis anos. “Depois de tantos anos a estragar as férias a crianças a quem os pais obrigam a fazer os exercícios dos nossos livros nas férias de Verão porque os conseguimos convencer através de um sistema infalível de chantagem emocional de que se os filhos passaram três meses sem trabalhos de casa vão esquecer tudo o que aprenderam no ano anterior e arriscam-se a reprovar o ano e a perderem-se no mundo da droga e do sexo fácil, chegou a altura de fazermos os mesmos aos adolescentes,” afirma Madalena Mujaheddin de Sousa, directora de relações públicas da Constância.

O modelo destes livros de férias para adolescentes sofrerá algumas alterações, respeitando as particularidades dos adolescentes e encarando de forma séria os seus problemas, ânsias e frustrações. Em vez de se centrarem na apresentação de problemas de matemática e exercícios de português de uma forma colorida e divertida, ou seja, de forma a não parecerem problemas de matemática e exercícios de português, os novos livros darão primazia às formas de ajudar os jovens a enfrentar a puberdade e, simultaneamente, à melhoria do seu relacionamento com os adultos e consequente inserção no grupo social.

Um dos livros prestes a ser editado terá como título “Vamos lá tentar portarmo-nos como gente normal” e pretende inculcar nos adolescentes ideias básicas como, por exemplo, ensinar-lhes que ficar calado no cinema durante o filme todo não só é possível com algum esforço como também evita agressões físicas e verbais da parte dos outros espectadores e que há pessoas que preferem ver o filme sem ouvir comentários relativos “às mamas daquela gaja.” Outros tópicos abordados no livro são tratados em secções com títulos como “Escarretas verdes não impressionam as raparigas,” “A Britney Spears não é uma pessoa esclarecida” ou “Razões pelas quais kk, pk e eh não são palavras em português.”

Um outro livro está já em preparação e intitula-se “Quando ver o Curto-Circuito se torna uma doença-A estupidez não está lá” e tenta ensinar aos jovens a diferença entre um programa de televisão e uma sessão de terapia para deficientes mentais profundos transmitida em directo. De igual modo, finda a leitura deste volume, espera-se que qualquer adolescente esteja preparado para dizer “não sei o suficiente sobre o assunto para me pronunciar” quando alguém lhe pedir uma opinião sobre o estado da economia ou sobre as religiões do mundo, evitando-se assim que voltemos a ver a nossa juventude na televisão a dizer coisas como “Iá, eu acho que Jesus até era um gajo porreiro mas aquela cena das cruzadas deu cabo de tudo e depois quando começou a inquisição e entregaram Israel aos judeus, os tibetanos tiveram razões para fazer o11 de Setembro.”

Recuar