Inépcia: s.f. (do latim "ineptia") 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

TVI quer avaliar dotes dos portugueses na cama

Depois de ter promovido testes à escala nacional com o objectivo de medir a inteligência dos portugueses e os seus conhecimentos do código da estrada, a TVI pretende agora testar o desempenho sexual de cada cidadão nas suas diversas vertentes, levando a cabo mais um grandioso “teste à nação” com recurso às mais avançadas tecnologias da comunicação.

“É mais um esforço para ficarmos a conhecer melhor o nosso público,” explicou o director de programas, José Eduardo Moniz, à saída de uma banheira cheia de lama onde tinha acabado de praticar luta-livre com duas assistentes ucranianas com pouca roupa. Questionado sobre o interesse real para uma estação de televisão dos talentos de cada espectador na cama, Moniz esclareceu que “decidimos fazer este teste porque podemos, no seguimento da política de programação arbitrária que temos seguido nos últimos anos e que tão bons resultados tem dado,” referindo-se à decisão de construir as grelhas de programação do canal com recurso a uma roleta e a um conjunto de bolas com palavras. O formato do programa “A Vida é Bela” apresentado por Carlos Ribeiro, por exemplo, foi decidido através do recurso a este método quando a roleta expeliu as palavras “velhos,” “pimba” e “mongolóide.”

Comparado com os dois testes já efectuados, este será o primeiro com utilidade real, visto que pouco ou nada se sabe dos hábitos sexuais dos portugueses, um povo habitualmente recatado e que, mesmo quando se presta a responder a inquéritos sobre o assunto, acaba invariavelmente por mentir. Esta situação contrasta com os testes anteriores que tiveram como objectivo avaliar os conhecimentos do código da estrada e medir a inteligência dos cidadãos no país com a segunda maior taxa de acidentes de viação do mundo e onde é mais fácil achar alguém num autocarro a cortar as unhas dos pés do que a ler um livro.

A metodologia adoptada não diferirá muito da usada anteriormente. Numa emissão conduzida por Teresa Guilherme e Júlio Magalhães, os espectadores da TVI serão convidados a participar em casa através da internet ou por envio de mensagens SMS, respondendo a uma série de perguntas sobre a sua vida sexual como, por exemplo, qual a sua posição preferida, o sítio mais exótico onde já praticou o coito ou o número de vezes que se costuma masturbar durante os longos minutos que dura o comentário semanal de Marcelo Rebelo de Sousa. Em estúdio estarão presentes várias figuras públicas das mais diversas áreas que responderão ao mesmo inquérito, sendo posteriormente assediadas com trocadilhos de natureza sexual por uma Teresa Guilherme eufórica. Até agora, estão asseguradas as presenças de José Cid, Artur Agostinho, Paula Neves e do pequeno Saúl. A apresentadora considera que “os portugueses são muito envergonhados acerca destas coisas e têm de aprender a ser mais abertos como acontece lá fora... mais abertos mas também não exageremos porque quando a abertura é muita acaba por fazer corrente de ar e uma pessoa constipa-se (risos).” Júlio Magalhães, por seu lado, não fez comentários, substituindo-os por uma quadrinha obscena improvisada com o título “Os marmelos da Manela” em homenagem à colega Manuela Moura Guedes.

Para complementar o inquérito feito à distância, um número restrito de espectadores será visitado por um casal de repórteres da TVI que passarão a noite lá em casa de forma a avaliar com rigor e isenção a veracidade das respostas.
No final, espera-se que exista informação suficiente para estabelecer padrões de comportamento sexual para cada grupo sócio-profissional, respondendo-se a questões eternas como: “será verdade que os contabilistas levam a calculadora para a cama para contar os orgasmos das companheiras?” ou “será que os profissionais da comunicação social gostam mesmo de levar por trás?”
Os resultados do teste, depois de tratados por especialistas na matéria, serão transformados na próxima telenovela do canal que terá como título “Saber mocar” e que terá Inês Castel Branco e Pedro Lima como protagonistas.

Recuar