Inépcia: s.f. (do latim "ineptia") 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

Paulo Portas e Mário Soares trocam duelo de palavras por duelo a sério

O ministro da Estado e da Defesa Nacional, Paulo Portas, e o líder histórico dos socialistas, Mário Soares, levaram ainda mais longe a troca de insultos em que se têm envolvido ao longo dos últimos tempos, com a marcação de um duelo, o primeiro a realizar-se em Portugal desde que a prática caiu em desuso no final do século XIX.
A ideia partiu do ex-presidente e primeiro-ministro que, segundo fontes próximas, estará farto de “aturar as bocas de Portas” e estará disposto a “ensinar uma lição a esse rapazola (Portas).”

O evento terá lugar em local a combinar entre as duas partes mas a localização exacta será, sem dúvida, mantida em segredo para evitar o circo mediático que um acontecimento desta natureza certamente atrairia.
Inicialmente, houve alguma resistência da parte de Portas que classificava a proposta de Soares como “mais uma prova do comportamento desumano, inconsciente e belicoso a que esse senhor sempre nos habituou” ao que Soares respondeu “ou aceitas ou faço-te uma espera à porta do ministério e parto-te o nariz, ó minha florzinha de cheiro,” argumento que, após reflexão, acabou por levar o ministro a aceitar mas apenas com a ressalva de que “é para o bem do país em geral e dos reformados em particular” e com a exigência de ter todos os médicos e enfermeiros da área metropolitana de Lisboa destacados para o local de forma a salvaguardar a sua integridade física.

Quanto às armas utilizadas, a decisão ainda não foi tomada. Inicialmente, Soares terá proposto que resolvessem a questão “como homens,” ou seja, servindo-se dos punhos mas Portas apresentou um atestado médico demonstrativo da sua incapacidade de participar em cenas de pugilato devido a sofrer de algo a que os especialistas chamam “síndroma do mariquinhas pé de salsa.” Como contraproposta, o líder do CDS sugeriu a troca de e-mails particularmente violentos que foi recusada, sugerindo Soares, de seguida, que usassem varapaus polidos. Apesar do sorriso nostálgico que Portas esboçou ao ouvir a referência a “varapaus polidos,” também esta proposta foi rejeitada bem como as muitas outras que se lhe seguiram, incluindo a sugestão de usar como arma primeiras páginas de jornais com títulos bombásticos e pejorativos. De acordo com as últimas notícias, a arma mais provável serão as pevides de tangerina a trinta passos.

Como padrinhos, os homens responsáveis por ocupar o lugar dos duelistas se alguma coisa correr mal, Paulo Portas escolheu o colega de governo Nuno Morais Sarmento, um ex-pugilista, enquanto que Mário Soares optou por um velho conhecido, o corpulento ex-chanceler alemão, Helmut Kohl. A notícia de que Portas terá marcado para breve uma visita oficial à Antárctida ainda não foi confirmada.

Recuar