E-zine satírico sem corantes nem conservantes

Durão Barroso apanhado a chorar numa casa-de-banho do Parlamento Europeu

O novo presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, José Manuel Barroso, Barroso Manuel Durão ou ainda Sexy Bob Gonzalez, de acordo com a terminologia adoptada nas esferas variadas em que se move, foi encontrado por uma funcionária da limpeza do edifício do Parlamento Europeu em Estrasburgo a chorar desalmadamente trancado num cubículo de uma casa-de-banho destinada aos deputados e membros da Comissão.

“Fui atraída por um ruído que reconheci imediatamente como sendo alguém a chorar,” refere Fassoula Majid, a funcionária responsável pela descoberta, “a partir daí, foi só seguir o ruído e localizar o sítio de onde provinha,” sítio esse que se revelaria ser a casa-de-banho em questão.

De acordo com a funcionária, Durão Barroso acompanhava o choro com lamentos em português que conseguiu compreender, visto que passou alguns anos a trabalhar como mulher-a-dias em Lisboa depois de deixar o Mali natal. “Dizia muitas vezes que ninguém gostava dele e, noutras alturas, choramingava que nunca devia ter saído de Portugal onde tinha um emprego estável e onde ainda havia um bom punhado de gente que não o considerava um imbecil chapado,” conta.

Depois de alguns minutos, Fassoula tentou entrar em contacto com Durão mas o antigo primeiro-ministro português calou-se de imediato e permaneceu em silêncio. Quando a funcionária insistiu, tentou disfarçar a voz e disse que se chamava Miguel Portas e que era um deputado português, medida que teria sido mais convincente se se tivesse lembrado de fechar a porta do cubículo privativo do presidente da Comissão Europeia com o seu nome escrito em grandes letras douradas e se não estivesse a usar o pin que mandou fazer mal tomou posse e que diz “Eu sou o presidente da Comissão Europeia e tu não és!” em letras brancas sobre fundo laranja. Quando percebeu que tinha sido reconhecido, desatou a fugir para parte incerta, já que perseguir membros das instituições europeias que se põem em fuga não faz parte das competências de uma eurofuncionária da limpeza.

A Inépcia tentou contactar o gabinete de Durão Barroso mas sem conseguir obter qualquer comentário. Fontes próximas do homem que encabeçará a Comissão ao longo dos próximos anos garantem no entanto que Durão não tem reagido bem à agressividade dos eurodeputados da oposição e terá já confessado que “ao pé destes gajos, o Bernardino Soares parece um militante devoto da JSD.”