Inépcia: s.f. (do latim "ineptia") 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

Mourinho quer Estádio do Dragão em Londres

O recém-contratado treinador do Chelsea, José Mourinho, indicou à direcção do seu novo clube que um dos requisitos para obter resultados positivos será a possibilidade de a equipa jogar no Estádio do Dragão que, lembre-se, é propriedade do FC Porto. O pedido terá surgido durante uma conversa informal entre o treinador e o proprietário do clube, o milionário russo Roman Abramovich, em que foram discutidos reforços para a equipa de futebol. O treinador português terá surpreendido o seu novo patrão com esta exigência invulgar mas, de acordo com fontes próximas da amante de um primo da manicure de Abramovich, o patrão do Chelsea ter-se-á mostrado favorável à compra do estádio, ansioso que está por ver o clube em que investiu tanto dinheiro começar a ganhar títulos.

Da parte dos adeptos, algumas vozes já se manifestaram contra devido à ligação sentimental ao estádio de Stamford Bridge em que a equipa joga actualmente. Robert Hopkins, apoiante ferrenho do Chelsea há mais de trinta anos, entende que “não há problema nenhum com o estádio actual. Isto parece exigência de treinador mimado habituado a ser tratado nas palminhas por toda a gente.”

Para Mourinho, a questão do estádio é secundária e mostra-se surpreso com a celeuma que levantou. “Uma equipa ganhadora constrói-se com medidas arrojadas. O Estádio do Dragão já foi testado e confirmado como local privilegiado para triunfos da equipa da casa e é por isso que gostava de poder contar com ele aqui. Será um reforço importante,” explica, acrescentando que “são coisas normais no futebol.”

Confrontado com a possibilidade de a normalidade da exigência não ser assim tão óbvia e de nenhum treinador do mundo ter alguma vez pedido alguma coisa semelhante, Mourinho afirmou que “é por isso que eu sou o melhor treinador do mundo e eles não são.” O homem que conduziu o Porto à melhor sucessão de triunfos da sua história referiu ainda estar habituado a ver os seus métodos de trabalho questionados mas que isso não abala nem nunca abalou a sua determinação. “Quando estava no Porto, fazia questão de lamber os pés de todos os jogadores antes dos jogos e, apesar de alguma apreensão inicial, não demorou muito até que todos vissem que era um método que produzia resultados francamente positivos,” recorda.

Assim, Abramovich irá abordar brevemente a direcção dos dragões com uma proposta milionária de compra do Estádio do Dragão. Caso seja aceite, o estádio será desmontado logo após o fim do Euro e transportado para o bairro londrino de Chelsea onde será montado no lugar onde actualmente se erige o estádio de Stamford Bridge. Para além do dinheiro da compra, o Porto receberá ainda, se assim o entender, o actual estádio do Chelsea, um recinto moderno com cerca de 40.000 lugares e que até já tem as cadeiras pintadas de azul e branco. A única alteração a fazer será apagar o leão, símbolo da equipa inglesa.
O Estádio do Dragão é mais um dos reforços que Mourinho pretende trazer da sua anterior equipa para o Chelsea, juntando-se a Paulo Ferreira. Existem rumores de que também terá pedido à direcção do seu novo clube que traga a Torre dos Clérigos para Londres e a monte ao lado do Big Ben.

De acordo com a imprensa desportiva britânica, o treinador tem tentando convencer Abramovich a investir na transferência de outros elementos do FC Porto com o argumento de que isso facilitará a repetição dos êxitos alcançados no comando dos dragões. Para além dos jogadores e do estádio, Mourinho estará interessado em contratar Pinto da Costa e Reinaldo Teles para a direcção do Chelsea, tendo o primeiro manifestado já o seu interesse se puder acumular funções nos dois clubes e o tendo o segundo grunhido qualquer coisa imperceptível, a claque dos Super Dragões, considerada vital para a manutenção de uma moral elevada da equipa, e, finalmente, as equipas do Moreirense, do Gil Vicente, do Beira-Mar e da Académica de Coimbra que seriam inscritas na liga inglesa.

A notícia avançada por um tablóide de que José Mourinho terá manifestado recentemente a sua vontade de suceder à rainha Isabel II no trono de Inglaterra ainda não teve confirmação oficial.

Recuar