Inépcia: s.f. (do latim "ineptia") 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

Senhor da Galileia processa padre Borga

Amadeu Frazão, reformado natural da aldeia de Galileia, concelho de Idanha-a-Nova, pretende processar o padre José Luís Borga por danos irreparáveis à sua dignidade pessoal provocados pela canção “Põe tua mão” que Amadeu considera fazer referências óbvias à sua pessoa.

“Está-se mesmo a ver que a canção é sobre mim,” afirma, explicando que “aqui na Galileia não há mais homens por isso o senhor da Galileia tenho de ser eu.” Com efeito, a aldeia da Galileia é uma das muitas aldeias quase desertas que existem em Portugal devido à saída da população para zonas do país onde a vida seja mais fácil ou mesmo para o estrangeiro. De momento, a população resume-se a Amadeu, à sua esposa e a duas irmãs octogenárias entrevadas, o que parece validar a sua argumentação.

O queixoso tomou conhecimento da situação há alguns meses atrás quando regressou à aldeia-natal depois de trinta anos emigrado no Luxemburgo. “Quando vinha para cá, começaram a passar a cantiga na rádio e eu estranhei até porque não conhecia o tal padre Borga de lado nenhum e não percebia por que é que ele se ia inspirar em mim para cantar aquilo mas quando cheguei a Idanha é que as coisas se complicaram,” recorda.

De repente, Amadeu começou a ser abordado na rua por desconhecidos que lhe davam a mão sem que percebesse por que o faziam. “A princípio, pensei que fosse por me conhecerem de algum lado. É que o meu snack-bar lá no Luxemburgo era muito frequentado pela comunidade portuguesa e não só e toda a gente gostava de me ouvir contar anedotas picantes... Até me chamavam o Cantinflas de Ettelbruck,” lembra.

O pior ainda estava para vir. “Apareceram-me uns malucos a pedir para cuidar deles e para acalmar o mar. Achei suspeito porque o mar fica a quilómetros de distância e foi então que percebi: eram maricas!”
A rapidez com que Amadeu chegou a esta conclusão tem uma explicação. Ao chegar ao Luxemburgo, o seu primeiro emprego foi como massagista de uma sauna só para cavalheiros na capital do grão-ducado, onde aprendeu a reconhecer os traços identificativos da homossexualidade. “Não é fácil mas se um gajo estiver com atenção enquanto está a massajar os genitais de um cliente dá para perceber se o tipo é larilas ou não. E ainda por cima, naquele sítio eram todos maricas menos eu,” explica.
Com a continuação dos assédios deste tipo, Amadeu contratou um advogado e decidiu avançar com um processo judicial contra o padre cantor e nem o facto de ser um sacerdote o fez pensar duas vezes. “Padre ou não, ninguém pode andar para aí a dar a entender às pessoas que eu gosto de ter pessoas a pôr a mão delas na minha,” refere, “Olha se ele se lembrasse de cantar ‘põe tua mão noutra coisa qualquer do meu senhor da Galileia?”

Contactado pela Inépcia, o padre Borga preferiu não agravar a polémica, afirmando apenas que a canção em questão é cantada há vários anos nas celebrações eucarísticas e não é de sua autoria. De seguida, pediu licença para voltar ao estúdio onde está a preparar a gravação de um tema em conjunto com o rapper Pac-Man dos Da Weasel que terá como título: “O Senhor é um dread e a Virgem é a minha dama.”

Recuar