Inépcia: s.f. (do latim "ineptia") 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

Morais Sarmento convidado para governo cubano

O governo português recebeu uma proposta do governo cubano no sentido de levar a cabo uma troca ministerial internacional que permitisse ao ministro da Presidência, Nuno Morais Sarmento, rumar a Cuba e exercer funções governativas no executivo de Havana. O convite partiu do próprio Fidel Castro e terá sido motivado por imagens que o presidente cubano terá visto na RTP Internacional em que Morais Sarmento surgia com a sua nova e imponente barba.

De acordo com Felipe Pérez Roque, ministro das Relações Externas da ilha de Fidel, “el presidente ficou bastante impressionado pelas magníficas pilosidades faciais do nosso camarada português visto que uma barba daquelas só pode crescer na cara de um verdadeiro revolucionário.”

Ao que parece, os ventos de mudança parecem ter finalmente chegado a Cuba e Fidel quererá dar início a um processo de renovação na continuidade que confira maior vitalidade ao regime e rejuvenesça a revolução pela inclusão de políticos mais jovens mas nos quais se mantenham vivos os ideais revolucionários no governo.

Morais Sarmento ter-se-á já mostrado favorável a esta troca dos ares de Lisboa pelos das Caraíbas, apesar de ainda não haver uma reacção oficial. Fontes próximas do ministro da Presidência adiantaram que este estará já a ser acompanhado por três especialistas em terapia da fala com o objectivo de ultrapassar a sua dificuldade na pronúncia da letra R e permitir-lhe pronunciar correctamente palavras como “charuto,” “revolução,” “imperialismo,” “rumba” ou “bolero.” Desconhece-se, no entanto, se a dificuldade com os erres de Morais Sarmento se estenderá também ao idioma castelhano.

Durão Barroso mostrou-se cauteloso na reacção visto que Morais Sarmento foi desde sempre um dos seus braços direitos, desempenhando um papel crucial em momentos-chave, dando a cara por decisões polémicas que custariam muitos pontos percentuais nas sondagens ao primeiro-ministro se fosse este a assumi-las. No entanto, o chefe do executivo adiantou que “tudo dependerá da vontade do nosso colega e das contrapartidas para o governo de Portugal que não poderá ficar desfalcado neste período de crise que atravessamos.”

Antecipando esta possibilidade, o governo cubano ofereceu-se já para disponibilizar um ministro à escolha entre os vinte e nove de que dispõe para substituir Sarmento. No caso de a proposta ser aceite, Morais Sarmento terá apenas que aceitar a nacionalidade cubana, mudar de nome para Moralez Sarmiento e familiarizar-se com as regras do basebol.

Recuar