E-zine satírico sem corantes nem conservantes

Portas jornalista pode suceder a Portas político na liderança do CDS

O processo de escolha do novo líder do CDS poderá trazer surpresas com a hipótese recentemente avançada de que Paulo Portas na sua versão de líder político e estadista poderá ser substituído pelo Paulo Portas jornalista, director do semanário “O Independente” e enfant terrible do jornalismo nacional, responsável pela divulgação de vários escândalos que lhe conquistaram a antipatia de nomes consagrados do panorama político.

Portas político manifestou a sua intenção de se afastar da liderança do partido que conduziu ao governo e, posteriormente, a um resultado muito aquém das expectativas, não devendo voltar atrás, apesar dos apelos feitos por altas individualidades do CDS para que reconsidere. No entanto, o mesmo não é válido para o outro lado da sua personalidade e Portas jornalista, dormente há vários anos, poderá fazer um regresso triunfal e aplicar o seu espírito mordaz e saudavelmente cínico ao objectivo de fazer do CDS um partido activo na oposição ao governo de maioria absoluta do PS, numa altura em que a oposição pouco mais pode fazer do que fazer valer dotes individuais de oratória.

Para os que pensem que não haverá diferenças entre Portas político e Portas jornalista por se tratar, afinal, da mesma pessoa, recorde-se que uma personalidade complexa como a do ex-ministro da Defesa tem várias facetas que, muitas vezes, adquirem existências separadas e paralelas. Recorde-se, por exemplo, que Portas político vestia sempre fatos de bom corte e mantinha uma aparência cuidada e impecável, alternando os fatos com roupas de lavrador para o contacto com o povo durante a campanha eleitoral. Quanto a Portas jornalista, preferia um visual descontraído e roupas práticas e informais como camisas de colarinho desabotoado e pullovers de malha.

Se Portas jornalista avançar para a sucessão de Portas político, Telmo Correia, o nome até aqui mais vezes referido para liderar o CDS, poderá disputar o lugar mas em moldes semelhantes, não se descurando a possibilidade de Telmo Correia, deputado e antigo ministro do Turismo, ser substituído na corrida à liderança por Telmo Correia, culturista, columbófilo e imitador de Tina Turner.

www.inepcia.com