Inépcia: s.f. (do latim "ineptia") 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

"Putedostars" promete dar que falar

Depois de “Ídolos” e “Soccastars,” chega à televisão portuguesa mais um concurso com o objectivo de descobrir novos talentos numa área quase tão importante para o país como a música ou o futebol, prometendo dar à TVI mais um campeão de audiências.

Para Elsa Raposo, apresentadora do programa, “Portugal já precisava de uma coisa destas há muito tempo para facilitar a vida às pessoas que querem subir na vida apesar de não terem talento para absolutamente nada e que fazem qualquer coisa para atingir os seus objectivos.”

A primeira edição de “Putedostars” é dedicada exclusivamente a jovens do sexo feminino entre os 18 e os 30 anos mas, dependendo da aceitação do público que a produção espera seja francamente positiva, seguir-se-ão outras edições dedicadas ao sexo masculino e a outros escalões etários.

O funcionamento do programa é semelhante ao dos seus antecessores. As centenas de candidatas que respondam ao desafio serão sujeitas a uma selecção rigorosa em várias etapas, sendo avaliadas por um júri especializado de que farão parte o arquitecto Tomás Taveira, o médico José Maria Tallon, o ex-jornalista Artur Albarran e o empresário Francisco Pinto Balsemão. A avaliação será feita com base em critérios de disponibilidade para a prática do sexo oral debaixo da mesa em reuniões de negócios, técnicas de dissimulação do nojo provocado pela convivência com alguém várias décadas mais velho, talento para fingir orgasmos e capacidade de somar grandes quantias em posições comprometedoras.

As vinte melhores candidatas serão posteriormente encaminhadas para uma residência com piscina em Vilamoura onde verão os seus talentos desenvolvidos pelo convívio com o júri e com aulas ministradas por mulheres que conseguiram subir na vida sem fazer absolutamente nada. Os nomes das “professoras” estão no segredo dos deuses mas a Inépcia está em condições de apurar que Lili Caneças, Felipa Garnel, Manuela Moura Guedes, Fátima Campos Ferreira, Maria Elisa e Margarida Marante não estarão envolvidas no projecto. Os progressos serão acompanhados através de cobertura televisiva intensiva e os espectadores poderão votar nas candidatas preferidas.

A grande vencedora será premiada com o lugar de amante de um conhecido magnata da comunicação social, sapatos em segunda mão que pertenciam à legítima até deixar de os usar porque a vizinha comprou uns iguais, colar de pérolas semi-verdadeiras e cartão de cliente gratuito da mais conceituada clínica de abortos de Ayamonte.

Entretanto, o concurso ainda não começou de forma oficial e já causou polémica. Recentemente, numa das pré-eliminatórias, um dos elementos do júri colocou a seguinte questão a uma candidata: “Você acha que isso é cu que se apresente?” levando a jovem às lágrimas e forçando a intervenção do pai que se travou de razões com o júri, argumentando que “a minha filha tem um cu perfeito que herdou da mãe, Deus a tenha, e lá no bairro todos acham o mesmo!” O conflito acabou com a intervenção da PSP e com o reconhecimento pelo júri de que as nádegas da candidata não tinham nenhum defeito visível, após exame minucioso feito pelo próprio júri, por toda a produção e pelos efectivos policiais.

Recuar