E-zine satírico sem corantes nem conservantes

José Sá Fernandes quer criar reserva para intelectuais no Parque Mayer

O advogado e candidato independente à Câmara de Lisboa, José Sá Fernandes, voltou a referir-se aos seus planos para o Parque Mayer, explicando que, se for eleito, o projecto de Frank Gehry será abandonado e o Parque será transformado numa extensão do Jardim Botânico que servirá como reserva para intelectuais.

"É uma coisa que já existe noutras grandes capitais do mundo e Portugal precisa há muito de um sítio onde a classe intelectual possa estar isolada do resto da população, sem constituir um risco para a saúde pública e convivendo com outros intelectuais em paz e harmonia," explica.

No projecto agora apresentado, da autoria de Gonçalo Ribeiro Telles, um dos apoiantes da candidatura de Sá Fernandes, prevê-se a demolição dos edifícios dos teatros e a criação de zonas verdes separadas por vedações electrificadas em que serão libertadas as várias manadas de intelectuais, tendo em atenção as relações caçador-presa que existem entre algumas delas (entre os intelectuais de esquerda e os de direita, por exemplo) e havendo também espaço para os intelectuais menos sociais (como Vasco Pulido Valente, conhecido pelo seu comportamento agressivo para com jovens estagiárias do Jornal de Letras).

Para os que acham que é errado separar os intelectuais dos humanos de forma tão radical, Sá Fernandes lembra que "os intelectuais são criaturas fascinantes mas muito sensíveis e precisam de viver num ambiente controlado." De qualquer forma, a separação não será tão radical como se pensa pois está prevista a realização de safaris pela reserva em veículos especiais preparados para impedir que os visitantes sejam atingidos por uma estrofe de poesia renascentista italiana declamada por Vasco Graça Moura ou apalpados pela mão peluda mas de manicure cuidada de Eduardo Prado Coelho.

Em relação ao apoio do Bloco de Esquerda à sua candidatura, Sá Fernandes afirma que ainda não está nada decidido e que tanto pode aceitar o apoio do Bloco como de outras entidades que já manifestaram interesse em apoiá-lo como os cabeleireiros Teresinha, a pastelaria Flor de Moçambique ou o Clube de Futebol dos Olivais e Moscavide.

www.inepcia.com