Inépcia: s.f. (do latim "ineptia") 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

Sonda americana encontra armas de destruição massiva iraquianas em Marte

A sonda Spirit da NASA, que aterrou recentemente na superfície marciana, terá tido um objectivo secreto para além dos objectivos científicos de exploração do planeta vermelho. De acordo com o secretário de Estado americano, Colin Powell, “a Spirit detectou indícios conclusivos que provam a existência de um arsenal iraquiano em Marte contendo um número considerável de armas químicas e biológicas, não se excluindo a existência de algumas ogivas nucleares.” Esta revelação vem confirmar as suspeitas americanas de que o regime de Saddam Hussein possuía as chamadas armas de destruição massiva que acabaram por ser o motivo principal para a invasão do Iraque e que descredibilizaram a administração de George W. Bush visto que nunca foram encontradas.

“Nunca nos enganaram,” afirmou Bush em conferência de imprensa numa das retretes da Casa Branca, “Sempre tivemos a certeza de que Saddam seria capaz de tudo para ocultar a verdade e dar má imagem aos Estados Unidos no seu esforço em prol da democracia, da liberdade, dos direitos humanos e da indústria petrolífera em geral,” puxando de seguida o autoclismo.
Comprova-se assim, não apenas que o Iraque possuía uma capacidade militar superior à que sempre afirmara ter, mas também a existência de um programa espacial até agora desconhecido de todos com excepção de alguns operacionais da CIA. Tratou-se de mais uma tentativa de expansão iraquiana depois das invasões do Irão no início da década de 80 e do Koweit no início da década de 90 com a vantagem, para Saddam, de a distância do novo alvo lhe permitir desenvolver em segredo o processo de ocupação. Ao que parece, o desaparecimento recente da sonda britânica Beagle 2 poderá ter sido da responsabilidade de altos responsáveis do regime deposto ainda em liberdade.

As autoridades de Washington preparam-se agora para alargar a administração transitória do Iraque ao planeta Marte mas não disponibilizarão provas fotográficas dos indícios descobertos. De acordo com Colin Powell, “não queremos que nos acusem de termos forjado provas outra vez. Por isso, convidamos os jornalistas de todo o mundo a deslocarem-se a Marte pelos seus próprios meios para recolherem os testemunhos que entendam.” Questionado se esta não será apenas mais uma tentativa de justificação da ocupação do Iraque com uma teoria absurda e impossível de provar, o secretário de Estado afirmou que “não.”

Agradece-se a sugestão do tema para este texto feita pelo Avô Maltine

Recuar