Inépcia: s.f. (do latim "ineptia") 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

Telepizza implicada no escândalo Casa Pia

A conhecida cadeia de entrega de pizzas do domicílio, Telepizza, foi indiciada pela polícia judiciária para prestar declarações na sequência de alegadas relações da empresa com uma rede pedófila com que também estariam envolvidos Carlos Cruz, Paulo Pedroso, Nuno Marçal, João Ferreira Diniz e o padre Vítor Melícias.

A suspeita surgiu devido às escutas telefónicas a que esteve sujeito o deputado socialista Paulo Pedroso que tanta polémica causaram recentemente. Ao que parece, Pedroso terá feito três telefonemas para a Telepizza no espaço de uma semana e, num deles, terá perguntado a um funcionário de nome Zé Carlos se “o chouriço vem às rodelas ou inteiro,” rindo-se em seguida de modo particularmente perverso.

Ferro Rodrigues, secretário-geral do PS e amigo do deputado preso preventivamente, comentou que “este caso está a ficar cada vez mais absurdo. Agora uma pessoa já não pode encomendar uma pizza sem ser vítima de calúnias deste tipo. Eu próprio costumo encomendar pizzas com frequência.” Perante isto, a Inépcia sabe que o líder socialista deverá ser chamado novamente para prestar declarações e explicar esta relação pouco clara com o mundo das pizzas.

Outro elemento que terá levantado a suspeita das autoridades foi o facto de Paulo Pedroso ter pedido expressamente que lhe fosse enviado o “Cartoon Pack”, um produto da Telepizza preparado exclusivamente para as crianças, contendo brindes alusivos a séries populares de desenhos animados. Ora, apesar de imberbe, Paulo Pedroso já não é propriamente uma criança e este comportamento será, no mínimo, suspeito.

O director-executivo da Telepizza Portugal já se disponibilizou a prestar depoimento de forma voluntária e garante que a sua empresa se dedica há vários anos a levar a casa dos clientes as mais saborosas iguarias mas que essas iguarias sempre foram pizzas, hambúrgueres ou refrigerantes e nunca crianças e adolescentes.

No entanto, não está posta de parte a hipótese de, para uma clientela selecta, a Telepizza incluir o jovem entregador no serviço. Esta hipótese foi colocada por investigadores do Departamento de Acusações Arbitrárias (DAA) da Judiciária e aguarda confirmação.

Uma empresa concorrente da Telepizza, a Pizza Hut, prepara-se para lançar uma campanha de esclarecimento em que garantirá aos seus clientes não ter nada a ver com esta polémica. No seguimento da campanha, todos os clientes que ligarem para a Pizza Hut para fazerem uma encomenda terão de responder previamente à pergunta “já praticou, pratica habitualmente ou planeia vir a praticar actos sexuais com menores?” Em caso de resposta afirmativa, o cliente ficará automaticamente impossibilitado de beneficiar das promoções “pague uma e leve duas.”

Recuar