Inépcia: s.f. (do latim "ineptia) 1-Falta de aptidão ou habilidade. 2-Imbecilidade 3-Acto ou dito absurdo.
www.inepcia.com

Frescas

Arquivo | Prémios | Link | Pré-História | Inépcia 2

26/9/03

Juíz propõe que se esqueça processo Casa Pia
Graciano Saga, juíz da comarca de Vila Verde de Pionés e cançonetista popular, considera que a solução para o caso "Casa Pia" passará pelo esquecimento de tudo o que aconteceu até agora e retorno ao status quo inicial. O homem que dedicou parte da sua vida à aplicação da lei e outra parte a fabricar êxitos musicais como "Vem devagar emigrante" (em partes iguais) recorda "como as coisas eram muito mais simpáticas antes desta chinfrineira toda." Graciano desdramatiza as acusações de abuso sexual de menores que recaem sobre um número considerável de arguidos e as suspeitas de que existiria uma rede fornecedora de alunos da Casa Pia para práticas sexuais com adultos. "A pedofilia é uma coisa muito feia e, por isso, é melhor fazermos de conta que não existe," afirma. Outra das razões que levaram a esta proposta, divulgada ontem no jornal "Voz Pionésense", é o facto de Graciano Saga ter saudades de ver Carlos Cruz na televisão, sendo um grande apreciador do seu trabalho. "Uma vez até me pagou um garoto numa feira de Verão em Rio Maior," recorda, acrescentando que "não era um garoto desses." O esquecimento do processo e consequente libertação de todos os presos preventivos simplificaria as coisas numa altura em que cada vez mais se fala de irregularidades na condução do processo. Se a sua proposta for aceite, Graciano promete estender a aplicação da "amnésia jurídica" a outros casos que abalaram o país recentemente como os que envolvem a Universidade Moderna e Fátima Felgueiras.

Topo


24/9/03

Igreja põe ordem na eucaristia
O Vaticano está a estudar uma lista de 37 proibições a aplicar à celebração da eucaristia de forma a salvaguardar a pureza do rito católico apostólico romano. Entre essas proibições contam-se a proibição da participação de mulheres na celebração como acólitas ou leitoras, a abolição de celebrações conjuntas com sacerdotes de outras confissões ou a interdição de bater palmas e dançar durante a eucaristia. Não se sabe o que entende a igreja por "dançar," se apenas se proíbem coreografias ensaiadas ou o mero acto de bater com o pé no chão ao ritmo da música ou de abanar o corpo ligeiramente. Para além disto, pretende-se encorajar os fiéis a denunciarem os sacerdotes que não sigam estas regras. De acordo com uma fonte anónima do Vaticano, "queremos que todas as igrejas sejam uma espécie de Portugal pré-1974 em que toda a gente fica quieto e calado no seu lugar com medo de ser denunciado pelo vizinho." Ao que a Inépcia apurou, na lista de proibições não se incluem quaisquer referências à celebração da missa por sacerdotes de saltos altos e lingerie ou à colocação de um jovem acólito imberbe debaixo do altar para poder estimular o pároco durante o sermão.

Topo


11/9/03

Selecção nacional afinal não é a melhor do mundo
O presidente da Federação Portuguesa de Futebol admitiu que a selecção nacional não é a melhor equipa do mundo como comentário à azelhice demonstrada pelos jogadores e equipa técnica nos últimos jogos. Com esta explicação, justifica-se o comportamento da equipa visto que, nas palavras de Madail, "esta selecção é uma equipa que perde e empata." Numa altura em que o Euro 2004 está cada vez mais próximo, as bolsas de apostas internacionais viram a selecção portuguesa passar de favorita à vitória para vencedora possível se tiver mesmo muita sorte, se os jogadores importantes das outras equipas se lesionarem e se umas quatro ou cinco equipas desistirem a meio da competição. Actualmente, já nem a esse estatuto a equipa das quinas tem direito. Ao que a Inépcia apurou, a única aposta que ainda se faz em relação à selecção de todos nós diz respeito às possibilidades reais de apuramento para o Euro se não fosse Portugal o pais anfitrião. Pessimismos à parte, Gilberto Madail aproveitou para anunciar que, independentemente dos resultados no campeonato europeu, a selecção participará durante o próximo ano no campeonato da segunda divisão do Vietname e que existem possibilidades de "ficarmos nos cinco primeiros."

Amostra exclusiva da nova campanha publicitária da RTP

Topo


4/9/03

Manuel Luís Goucha passa a noite com Teresa Guilherme
O carismático apresentador Manuel Luís Goucha passará uma noite com a não menos carismática Teresa Guilherme, segundo anunciou a direcção de programas da TVI. Esta iniciativa segue-se a outras proezas bizarras protagonizadas por Goucha nos últimos tempos como forma de dinamização do programa "Olá Portugal" que ocupa as manhã da TVI de segunda a sexta. Depois de pegar um novilho com um grupo de forcados amadores, de andar sobre brasas e vidro partido, Manuel Luís Goucha atrever-se-á a passar uma noite inteira das onze da noite às nove da manhã do dia seguinte na cama de Teresa Guilherme, sujeitando-se a tudo o que esta desejar fazer com ele. O teste à coragem do apresentador será transmitido em directo pela TVI que também acompanhará os preparativos com uma grandiosa cobertura em blocos horários de trinta minutos apresentados por Paula Castelar e Pedro Miguel Ramos. Entretanto, o apresentador já comentou que "dormir com uma mulher é uma experiência nova para mim... na televisão claro," acrescentando que "se já andei abraçado àquele novilho malcheiroso, a minha querida amiga Teresa não pode ser muito pior." Recorde-se ainda que esta será a primeira vez nos últimos vinte anos que Teresa Guilherme passará a noite com um homem de idade superior a trinta.

Topo


28/8/03

Estupidez às claras no governo
Depois de a ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, ter admitido num debate em Braga que o congelamento das admissões na função pública foi a medida mais estúpida que tomou devido ao consequente aumento de despesas com a contratação de pessoal, a moda de assumir a estupidez parece ter pegado. Durão Barroso apelou já aos seus ministros que tornem públicas as medidas mais estúpidas que tomaram desde que assumiram funções e que preparem, se necessário, um dossier de contextualixação pormenorizado contendo um resumo histórico de todos os actos estúpidos que foram cometendo ao longo da vida e da sua relação com a estupidez enquanto conceito no dia-a-dia. O próprio primeiro-ministro aproveitou o embalo e admitiu que foi "extremamente estúpido deixar a minha mulher ler aquele poema do cherne durante a campanha."

Topo


19/8/03

Bush garante que situação no Iraque está normalizada
O presidente americano e xerife do mundo ocidental, George W. Bush, tranquilizou o seu país e a comunidade internacional, garantindo que a situação no Iraque está perfeitamente normalizada. "O país está tranquilo. As nossas tropas controlam todo o território e garantem a segurança de bens e cidadãos. É verdade que têm existido algumas baixas e também mortos e feridos mas nada de anormal," afirmou. Respondendo aos que consideram alarmante o número de mortos desde que foi anunciado o "fim" do conflito, incluíndo as vítimas do atentado de hoje em Bagdad, Bush reafirma a normalidade da situação, esclarecendo que, no último mês, houve menos mortes em todo o Iraque do que em Los Angeles na última semana.

Topo


28/7/03

Inépcia vai de férias e o país rejubila
O e-zine satírico Inépcia fará uma pausa para férias durante o mês de Agosto de acordo com um aluno da Casa Pia contratado como porta-voz. João, 12 anos, amigo íntimo de vários políticos de renome e de figuras da televisão, afirma que "uma pessoa tem de fazer pela vida agora que os meus clientes habituais me evitam," numa referência à sua contratação. Durante as férias, a redacção da Inépcia ocupará o seu tempo com a preparação da próxima edição que terá como tema genérico "Depilação versus Look Mediterrânico nas praias portuguesas." Para além disso, há rumores de que a Inépcia se preparará para assegurar os serviços literários do avançado brasileiro Mário Jardel mas, por enquanto ainda não há confirmação oficial. Super-Mário já comentou o rumor, afirmando que "o Jardel gostava muito de jogar na Inépcia e marcar muitos gols para ajudar a ser campeão. Com certeza."

Topo


21/7/03

Luís Figo patrocina prova de futebol para deficientes mentais
O melhor jogador do mundo do ano passado, Luís Figo, assumiu-se como mentor da organização de um campeonato europeu de futebol para equipas constituídas por deficientes mentais. "Vai ser um evento muito importante para provar ao mundo que o futebol não tem necessariamente de ser praticado por pessoas de grande capacidade intelectual como é comum pensar-se," afirmou o jogador. O único problema que a organização do torneio terá de resolver está relacionado com as terminologias. Nas regras oficiais do campeonato europeu para deficientes mentais, diz-se que "podem participar atletas que, após exame médico, revelem ter uma capacidade mental abaixo da média, dificuldades de aprendizagem extremas, níveis elevadíssimos de confusão mental, incapacidade de apreensão de conceitos elementares." Após análise cuidada, chegou-se à conclusão de que qualquer futebolista profissional português poderia participar ao lado de atletas amadores, o que não seria leal. Aguarda-se para breve o anúncio das regras revistas e corrigidas.

Topo


18/7/03

EUA vão intervir em São Tomé e Príncipe
O secretário de Estado americano, Colin Powell, anunciou que os Estados Unidos estão a ponderar a possibilidade de uma intervenção militar em São Tomé e Príncipe para restaurar a legitimidade democrática após o golpe de estado que depôs as autoridades democraticamente eleitas. Esta operação fará parte do esforço continuado do governo americano para fazer valer o respeito pela democracia à escala global. De acordo com Powell, "o presidente Bush está muito interessado na situação de e passa os dias a percorrer o globo do seu gabinete com uma lupa à procura de São Tomé e Príncipe, o que se tornou mais fácil desde que lhe explicaram que era um país e que ficava em África e de lhe terem indicado qual dos continentes era África." Especialistas militares adiantam que, no caso provável de existir uma intervenção, o esforço militar necessário para ocupar São Tomé e Príncipe seria de, exactamente, vinte e três fuzileiros, um helicóptero e um bote insuflável. Um porta-voz dos militares golpistas comentou esta notícia mas ninguém percebeu o que disse.

Topo


14/7/03

Luís Filipe Menezes quer drenar o Douro
O autarca de Gaia propôs uma drenagem do rio Douro de forma a unir de forma física os concelhos do Porto e de Vila Nova de Gaia, permitindo-lhe candidatar-se à autarquia do Porto-Gaia sem faltar a promessas feitas num passado mais ou menos recente. Menezes desvaloriza a ligação afectiva dos moradores das duas cidades ao seu rio e considera que "o Douro sempre trouxe mais incómodos à população do que vantagens." A foz do Douro seria deslocada para Vila do Conde e o leito do rio seria transformado numa zona verde. Respondendo a acusações de que estaria louco, Menezes garante que "nunca esteve tão são" e anunciou outros planos para a futura cidade de Porto-Gaia como, por exemplo, a construção de uma gigantesca torre de latas de atum até à Lua ou a nomeação da estátua do desterrado de Soares dos Reis para director da Casa da Música.

Topo


7/7/03

FC Porto envia delegação ao Burundi
Depois de se saber que a nova contratação do Porto, o avançado sul-africano Benny McCarthy, não vai poder jogar pelos dragões durante dois meses se a sua selecção conseguir o apuramento para a Taça das Nações Africanas, o FC Porto enviou uma delegação chefiada por Reinaldo Teles ao Burundi para motivar a selecção daquele país a derrotar os "bafana-bafana", derrota que os afastaria da fase final da competição. A delegação portista promete oferecer um cabaz contendo três quilos de arroz, um presunto e um kit francesinha a cada um dos jogadores do Burundi em caso de vitória. Pelo sim, pelo não, o árbitro do encontro, o togolês Abissa Ngaome, poderá visitar o Brasil durante uma semana com despesas pagas se, porventura, o jogo correr bem à turma do Burundi. Mesmo sem incentivos, os especialistas em futebol africano consideram que o Burundi pode vencer a África do Sul apesar do favoritismo destes. Recorde-se que o futebol é o segundo desporto mais popular no país (a guerra étnica é o primeiro) e que a selecção tem evoluído muito nos últimos anos. A metade da equipa de etnia hutu continua a recusar-se a passar a bola aos jogadores tutsi e vice-versa mas a federação conseguiu resolver o problema dos guarda-redes. Com a chamada de um guarda-redes tanzaniano naturalizado à selecção, o treinador Yaoundé Kagabo já não tem que se preocupar com os seus jogadores a rematarem à sua própria baliza por não apreciarem a etnia do guardião.

Topo


4/7/03

Ministro da Cultura avistado no pinhal de Leiria
Dois vigias do pinhal de Leiria garantem ter visto o ministro da Cultura a passear calmamente entre os pinheiros. Pedro Roseta estaria a apanhar pinhões calmamente até se aperceber de que estava a ser observado. Assustado, fugiu pelo pinhal fora e não voltou a ser visto. As autoridades ainda não comentaram o avistamento mas, a confirmar-se, será o segundo avistamento do tutelar da pasta da Cultura no distrito de Leiria nos últimos dois meses. Em meados de Junho, pescadores da Nazaré viram alguém parecido com o ministro a apanhar conquilha numa área da praia rochosa e pouco frequentada por banhistas. Recorde-se que Pedro Roseta é o membro do governo mais esquivo, havendo até quem duvide da sua existência.

Topo


1/7/03

Ministra das Finanças explica-se
Manuela Ferreira Leite, ministra das Finanças, explicou finalmente o motivo dos pagamentos especiais por conta a que vão estar sujeitos pequenos empresários e trabalhadores por conta própria. "Os portugueses sabem que temos um colega no Governo que tem um problema gravíssimo. O dinheiro dos pagamentos especiais por conta será usado para o ajudar a ter uma vida melhor," explica. A Inépcia sabe que o colega em questão é o ministro da Presidência, Nuno Morais Sarmento, que, desde que levou um muro na traqueia nos seus tempos de pugilista amador, nunca mais conseguiu pronunciar a letra R em condições. Com uma operação financiada pelos contribuintes, Portugal deixará de ter um ministro que é vítima de escárnio pelo simples facto de abrir a boca. Quanto à polémica com os taxistas, a ministra adiantou que "não têm nada que se queixar porque, mesmo que achem que lhes estamos a levar dinheiro a mais, não é nada que eles próprios não façam no seu dia-a-dia."

Topo


20/6/03

Atleta português festeja com a bandeira da Macedónia
Rui Mascarenhas, atleta cego que conquistou a medalha de ouro dos 5000 metros para invisuais nos primeiros campeonatos europeus de atletismo para deficientes, deu duas voltas completas à pista para celebrar a sua vitória, segurando nas mãos a bandeira da Macedónia e erguendo-a como se se tratasse da bandeira do seu país. O atleta garantiu estar convencido de que era a bandeira portuguesa que tinha nas mãos e que a mesma lhe foi entregue por um homem de sotaque estranho que lhe perguntou num português "esquisito" se não queria uma bandeira de Portugal para dar umas voltas à pista. Graças a esta brincadeira de mau gosto, a Macedónia, país com poucas tradições no atletismo, conseguiu alguns momentos de publicidade gratuita. Não é o primeiro incidente deste género que acontece na competição. A organização continua à procura de quem pôs a "Macarena" a tocar na cerimónia protocolar da prova de 400 metros barreiras para surdos em vez do hino da Suécia, país de origem do vencedor.

Topo


18/6/03

Lello contra participação do PS no Fórum Social Português
O deputado socialista e ex-ministro do Desporto, José Lello, afirmou em discurso proferido nas jornadas parlamentares do seu partido na Madeira, que "o PS não se pode misturar com tudo. Não pode aparecer ao lado do movimento das lésbicas, gays, bissexuais e transsexuais." Esta referência diz respeito à participação de elementos do partido no Fórum Social Português que Lello considera ser uma manifestação da "esquerda festiva e folclórica" e sugerindo que os seus camaradas de partido deveriam ter vergonha da sua participação. Lello justificou posteriormente as suas declarações, afirmando que "é inaceitável que um partido que aspira a constituir governo seja identificado com a homossexualidade e a transsexualidade. Se as coisas continuam assim, qualquer dia até nos começam a identificar com a pedofilia." Em resposta a Lello, o presidente da ILGA, Manuel Morais, classificou a sua postura como homofóbica, argumento repetido pelos dirigentes das outras organizações que lutam pelo reconhecimento dos direitos dos homossexuais porque são constituídas por pessoas que se orgulham da sua orientação sexual e não dos seus dotes argumentativos.

Topo


16/6/03

FC Porto vence sondagem eleitoral
De acordo com uma sondagem encomendada pela Inépcia ao centro de sondagens ilegal a funcionar na cave da Pastelaria Suíça, o Porto venceria as eleições legislativas se estas se realizassem hoje, juntando mais um título ao pleno desta época. Pinto da Costa, presidente do clube azul e branco, comentou a este respeito que "seria uma consequência lógica depois da conquista do campeonato nacional, da taça de Portugal e da taça UEFA" enquanto que o treinador José Mourinho considerou que "o Porto joga sempre para ganhar qualquer que seja a competição." Se a situação prevista pela sondagem se confirmasse, seria a primeira vez que uma equipa de futebol assumiria responsabilidades governativas desde que o Benfica nomeou o então ministro das Finanças, António de Oliveira Salazar, para o cargo de presidente do conselho no ano de 1932 (de acordo com informações não confirmadas prestadas por um grupo esclarecido de adeptos portistas). A seguir ao Porto, a sondagem indicou como prováveis vencedores das eleições ainda que com percentagens menores, o elenco da telenovela da TVI "Saber Amar", os concorrentes da "Operação Triunfo," o Homem-Aranha e, em último, o PS e o PSD ex-aequo.

Topo


11/6/03

Fátima Felgueiras obedeceu ao tribunal da sua consciência
Em conferência de imprensa a partir do Brasil e numa entrevista à RTP, a corrupta foragida, Fátima Felgueiras, afirmou que "não fugiu à justiça", tendo-se limitado a obedecer ao tribunal da sua consciência. "Pode não ter sido a coisa mais apropriada mas não tenho culpa de que o sistema judicial da minha cabeça seja ainda mais inepto do que o português," afirmou. A autarca explicou ainda que não está acima da lei mas fugiu para evitar ser presa e enfiada numa cela "como se fosse uma pessoa qualquer," deixando transparecer uma ideia já referida pelo seu advogado segundo a qual não fará sentido prender alguém com a justificação absurda de impedir uma fuga potencial. Num exemplo soberbo dos efeitos que a falta de escrúpulos pode ter no cérebro humano, a mulher de quem o país fala considerou-se uma exilada da democracia portuguesa. A Inépcia sabe que outros exilados célebres da democracia portuguesa, o ex-inspector da PIDE, Rosa Casaco, e o padre Frederico Cunha, já terão contactado Fátima Felgueiras para fundar uma associação.

Topo


7/6/03

Durão Barroso recompensado pela fidelidade a Bush
O primeiro-ministro Durão Barroso mostrou-se satisfeito com o modo como foi recebido por George W. Bush na sua visita a Washington e considerou que os Estados Unidos souberam recompensar Portugal pelo apoio dado à intervenção militar no Iraque. "Não é uma recompensa pessoal mas de todo o país," afirmou Barroso, acrescentando que "espero que assim se calem de uma vez por todas os velhos do Restelo que sempre se manifestaram contra o apoio do governo português à luta contra o terrorismo internacional." Ao que a Inépcia apurou, a administração americana recompensou Portugal com uma entrada dupla para a Disneylândia, seis garrafas de Coca-Cola de 33cl e um vale de desconto em qualquer restaurante McDonald's do mundo. Durão Barroso considera tratar-se da "compensação esperada" e já prometeu levar a ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, à Disneylândia para a recompensar pelo excelente trabalho feito. Quanto a Bush, louvou a coragem e dignidade do povo português na cruzada contra o "terror" e agradeceu o maior apoio dado pelo nosso país à guerra com o Iraque: a não insistência no envio de tropas.

Topo


5/6/03

Ferro Rodrigues reafirma confiança na inocência de Paulo Pedroso mas não na sua
O secretário-geral do PS, Ferro Rodrigues, afirmou numa conferência de imprensa após ter prestado declarações no DIAP (Departamento de Incriminação Aleatória de Pedófilos) que continua a acreditar plenamente que Paulo Pedroso, o seu braço direito até ser detido preventivamente, está inocente das acusações da prática de actos sexuais com menores. "Confio na justiça e sei que a verdade vai ser apurada mais tarde ou mais cedo," afirma. No entanto, já não se manifesta tão seguro em relação ao seu envolvimento neste processo. "É melhor não dizer mais nada. Peço às pessoas que não ponham as mãos no fogo por mim porque não sou de confiança," adverte. A classe política escusou-se a comentar mas a filha do líder socialista, a "jornalista" Rita Ferro Rodrigues afirmou que "se o meu pai for preso eu posso continuar a aparecer na televisão, não posso?"

Topo


2/6/03

Ministério dos Negócios Estrangeiros sem cheta
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Martins da Cruz, admitiu num forum económico ligado ao PSD que, se o seu ministério fosse uma empresa, estaria em estado de falência. A situação é de tal forma grave que o ministro considerou que a diplomacia portuguesa pode ter perdido grande parte da sua eficácia por falta de investimento. Confrontado com uma situação bizarra em que é urgente atrair investimento estrangeiro a Portugal enquanto cada vez mais governantes vão proferindo declarações que transmitem uma mensagem de "isto está mau e vai ficar pior" para o estrangeiro, Durão Barroso já desmentiu Martins da Cruz, afirmando que "as coisas não estão assim tão más. O Martins sempre foi um exagerado." No entanto, a Inépcia levou a cabo uma investigação independente e concluiu que a única representação diplomática portuguesa que nunca teve problemas de dinheiro nos últimos anos foi a embaixada na África do Sul no tempo em que Jorge Ritto era embaixador e apenas porque a embaixada também funcionava como jardim de infância. O primeiro-ministro acrescentou ainda que "Portugal não vai deixar de abrir novas representações diplomáticas onde os interesses nacionais o exijam." A provar isso estão as nomeações recentes de um gorila da montanha para embaixador de Portugal no Burundi ou de Gintaras Karzunovas, um cidadão anónimo escolhido ao acaso e sem ter sido consultado previamente, para o cargo de embaixador-compelido na Lituânia.

Paulinho Santos diz adeus aos relvados com mágoa

Inépcia e Leonardo Gonçalves

O futebolista do Porto, Paulinho Santos, disse adeus ao futebol profissional no encontro que opôs a sua equipa ao Sporting na jornada derradeira do campeonato. O jogador caxineiro, que durante anos passeou o seu estilo muito próprio por estádios de todo o país, revelou alguma mágoa por o seu seu último pontapé enquanto profissional de futebol ter sido dado numa bola e não num jogador da equipa adversária. Segundo palavras do próprio: "Foi uma desfeita e uma enorme ingratidão da parte do FCP depois de tantos anos a distribuir castanhada de norte a sul do país, com total entrega e dedicação. Não me podiam ter feito isto. Destruiram-me a imagem." O jogador mostra-se ainda mais magoado porque um dos seus preferidos para a troca de "mimos viris", João Vieira Pinto, estava ali mesmo à mão de semear e por a sua tentativa frustrada de lhe apertar o pescoço ter passado por abraço e manifestação de desportivismos aos olhos do público. "Desportivismo eu? Não era agora que ia começar, pois não?" afirmou.

Topo


30/5/03

Envolvimento de Herman José no caso Casa Pia da responsabilidade de Nicolau Breyner
A Inépcia sabe de fonte segura que os indícios que apontam para a prática de actos sexuais com menores por Herman José foram fabricados por Nicolau Breyner, outra figura que ficará para a história na televisão portuguesa. O homem que alegrou os portugueses com programas tão emblemáticos e com títulos tão originais como "Eu Show Nico", "EuroNico" e "Nico de Obra," terá esperado anos por uma oportunidade para se vingar do sucesso que Herman alcançou e que considera como uma traição. Recorde-se que Herman José iniciou a sua carreira televisiva a contracenar com Nicolau Breyner na saudosa dupla "Senhor Feliz e Senhor contente." No entanto, enquanto Herman se transformava no maior humorista português de todos os tempos, Nicolau continuava a tentar inventar títulos de programas que permitissem incluir o seu diminutivo. Com uma oportunidade de ouro para se vingar, Nicolau Breyner terá feito chamadas anónimas para a Polícia Judiciária, falando com voz infantil e relatando orgias pedófilas em que Herman teria estado presente. Breyner negou qualquer envolvimento no caso mas admitiu que Herman José "andava a pedi-las há muito."

Topo


22/5/03

Rui Rio internado de urgência
O presidente da câmara municipal do Porto, Rui Rio, foi internado de urgência no hospital de São João hoje (dia 22) por volta da hora de almoço devido a sintomas de uma doença que os médicos ainda não conseguiram identificar. O autarca começou a sentir-se mal ontem à noite de modo repentino, começando a repetir constantemente a frase "Eu quero que eles metam a porra do caneco num sítio que eu cá sei," cujo significado permanece desconhecido. Depois de uma noite passada em claro, Rui Rio almoçava com sua esposa quando, subitamente, se atirou para o chão com convulsões, a revirar os olhos e a espumar da boca, forçando os seus familiares a chamarem uma ambulância. A esposa do edil afirma não perceber o que se passou, garantindo que o marido estava bem até ontem à noite. "O pior foi ao almoço. Eu fiz uma mousse de morango de que ele sempre gostou muito para ver se o acalmava e ainda foi pior. Eu só lhe perguntei se queria uma taça," afirma.

Topo


19/5/03

Francisco Assis desmente ser um homem de sangue frio
O líder distrital do PS-Porto, Francisco Assis, que foi agredido por populares apoiantes da ex-autarca Fátima Felgueiras, durante visita à cidade homónima, agradeceu a todos os que louvaram o seu sangue frio na forma como reagiu às agressões mas esclareceu que não se tratou de sangue frio. "Sou um homem frontal," afirmou Assis, "por isso, não me posso aproveitar da situação e vejo-me forçado a admitir que não foi sangue frio mas sim estar borrado de medo a tal ponto que impediu qualquer outra reacção." Recorde-se que Francisco Assis não olhou para trás uma única vez enquanto era insultado, agredido a murro e bofetão e até atingido com sacos de lixo. Entretanto, Jorge Sampaio, apelou às autoridades competentes para que se apurem responsabilidades no caso, afirmações que mereceram o seguinte comentário de vários moradores em Felgueiras: "Ele que cá venha que também leva."

Topo


16/5/03

PS propõe trasladação de Mário Soares para o panteão nacional
Após equacionarem a apresentação de uma proposta ao parlamento para autorizar a trasladação dos restos mortais do primeiro presidente da República Portuguesa, Manuel de Arriaga, para o panteão nacional, o PS decide levar a iniciativa mais longe e propor também a trasladação imediata do ex-presidente Mário Soares para o mesmo monumento onde, para além de outros governantes, estão sepultadas figuras marcantes como Amália Rodrigues ou Almeida Garrett. De acordo com o secretário-geral do partido, Ferro Rodrigues, "é uma homenagem merecida a alguém que ficará para a história como um dos políticos portugueses mais carismáticos do século XX e também do século XXI." Recorde-se que Soares tomou algumas atitudes num passado recente em dissonância com a direcção do partido que ajudou a fundar, o que causou alguma celeuma. Esta proposta poderá ser o gesto que faltava para a reconciliação. Mário Soares agradeceu o gesto mas esclareceu que continua vivo e não tenciona morrer tão depressa. Ferro Rodrigues replicou que "isso são desculpas de alguém que sempre primou pela modéstia."

Topo


13/5/03

Cidade de Felgueiras transferida para o Paraguai
Um grupo de cidadãos felgueirenses desgostosos com a publicidade negativa que a sua cidade tem tido nos meios de comunicação social nos últimos tempos decidiu levar a cabo uma recolha de assinaturas para que as infraestruturas, habitantes, espaços verdes e restantes elementos urbanos sejam transferidos para o Paraguai. A situação surge como consequência do processo instaurado à ex-autarca Fátima Felgueiras e fuga desta para o Brasil de modo a escapar à prisão preventiva, que aumentou ainda mais a tendência, que já se fazia sentir há vários meses, para associar o nome da cidade à corrupção e a outras actividades ilícitas. A coincidência entre o nome da cidade e o apelido da ex-autarca foragida também não ajuda. Os felgueirenses ter-se-ão manifestado favoravelmente à iniciativa e tudo indica que, em breve, a cidade de Felgueiras siga o exemplo de Fátima Felgueiras e fuja para a América do Sul. A localização escolhida para a cidade situa-se a alguns quilómetros a norte de Ciudad del Este, próspero centro comercial paraguaio junto à fronteira com o Brasil. "Queremos começar do princípio e recuperar a reputação honrosa que já tivemos," considera um dos líderes do grupo de cidadãos que pediu o anonimato. A Inépcia desconhece se os promotores desta mudança para o Paraguai terão conhecimento de que a palavra "felgueyras" em guarani, uma das línguas faladas no país, significa "aquele que pratica sexo anal com desconhecidos em troca de sortidos de hortaliça."

Topo


7/5/03

Inocência de Fátima Felgueiras motiva fuga
Fátima Felgueiras, ex-autarca do município com o qual partilha o nome, enviou uma carta aberta à Inépcia em que explica que a sua fuga para paredeiro incerto para evitar ser colocada em prisão preventiva não é uma assunção de culpa mas, pelo contrário, "uma reafirmação da inocência." A presidente da câmara, cujo mandato se encontra suspenso por suspeita da prática de vários crimes de corrupção, adianta que fugiu por constatar que "a justiça portuguesa não consegue reconhecer a inocência de cidadãos cumpridores e honestos que acabam privados da liberdade devido às acusações mais absurdas." Assim, visto que continua a afirmar estar inocente, Fátima Felgueiras foge e não tem medo que a sua decisão confunda os portugueses. "É perfeitamente simples," explica, "quem está inocente é perseguido pela justiça, quem está culpado é absolvido. Como sei que não existem quaisquer provas contra mim e que o mais provável é absolverem-me, não me posso sujeitar a ser absolvida como se fosse uma criminosa comum. Não tem nada que saber." Para além da clareza dos argumentos, a autarca cita outros exemplos de cidadãos que foram vitimados pela sua inocência como Carlos Cruz, o padre Frederico, João Vale e Azevedo, Otelo Saraiva de Carvalho e Pedro Caldeira.

Topo


5/5/03

José Figueiras implicado na rede de pedofilia
O apresentador José Figueiras, que tem dado mostras do seu vasto talento em programas da SIC ao longo dos anos, foi acusado da prática de abuso sexual de alunos da Casa Pia por testemunhos não identificados publicados em alguns meios de comunicação. O apresentador tem-se recusado a prestar quaisquer comentários e remeteu a Inépcia para o seu advogado, Adolfo Luxúria Canibal. A confirmarem-se as acusações, será a segunda vez que Figueiras tem problemas com a justiça depois de, há alguns anos atrás, ter escapado por pouco a ser julgado por crimes contra a humanidade aquando do lançamento do seu disco de rock tirolês. Só a intervenção pronta de João Baião, amigo de longa data dos juízes, evitou o pior. No entanto, vários conhecidos do apresentador alertaram já para o facto de Figueiras ter como hábito fazer denúncias anónimas, envolvendo-se a si próprio em escândalos mediáticos para conseguir ter a atenção que não consegue de outra forma. Um amigo que pediu anonimato (o cantor Toy) lembra que Figueiras chegou ao ponto de escrever várias cartas anónimas à comissão de inquérito do caso Camarate acusando-se a si próprio de ter posto uma bomba no avião Cessna em que seguiam Sá Carneiro e Amaro da Costa como acto de rebeldia adolescente.

Topo


2/5/03

Funcionários dos Correios acusados de usarem greve para prolongarem fim-de-semana
Os trabalhadores dos Correios que marcaram uma greve para os dias 30 de Abril e 2 de Maio, quarta e sexta-feira respectivamente, foram acusados de terem escolhido os dias da greve apenas para poderem beneficiar de um fim-de-semana prolongado de quarta até Domingo, contando com o feriado de dia 1 de Maio, sem qualquer outro motivo real de contestação. O presidente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT), José Oliveira, contesta estas acusações e refere que a greve se deve à diminuição de postos de trabalho e à falta de regalias dos trabalhadores. Estas explicações foram dadas por telefone a partir da convenção nacional do SNTCT em que foram analisados os efeitos da greve e que decorre na Costa da Caparica. Sábado e Domingo, dias 3 e 4 de Maio, haverá nova convenção a decorrer na localidade espanhola de Torremolinos.

Topo


28/4/03

Álvaro Cunhal detido por abuso sexual de menores
O antigo dirigente do Partido Comunista Português, Álvaro Cunhal, foi hoje detido acusado da prática de actos pedófilos. As nossas fontes na judiciária garantiram-nos que Álvaro Cunhal ainda não foi formalmente acusado de nada, estando neste momento a ser interrogado por um juiz sobre alguns rumores que circularam nos anos que se seguiram ao 25 de Abril, em que alguns membros do clero acusaram os militantes do Partido Comunista de "comerem criancinhas". Segundo uma fonte anónima, a Igreja tem relações com alguns pedófilos conhecidos, pelo que a acusação, originalmente associada à instabilidade política vivida na altura, pode ter uma interpretação diferente e muito mais grave. Estão também a ser analisadas possíveis nomeações de políticos para posições em instituições que lidem com menores que possam estar de alguma forma associados ao PCP. Até ao momento ainda não conseguimos obter nenhuma reacção dos responsáveis do partido que, na altura em que contactámos a sede do PCP, se tinham deslocado até à Casa do Gaiato para almoçar. (José Pseudónimo)

Topo


24/4/03

Troca de identidades no escândalo Casa Pia
O processo que investiga o alegado abuso sexual de alunos da Casa Pia está a ser dificultado por um conjunto de casos de identidade trocada que poderá pôr em risco o normal decurso das averiguações policiais. Tudo começou com as afirmações do apresentador Carlos Cruz, detido por alegamante ter abusado sexualmente de menores, de que a sua implicação no caso poderá estar relacionada com o facto de muitas vezes ser confundido com o actor Carlos Cunha. Mal foram tornadas públicas estas afirmações, o actor apressou-se a referir que é frequente ser confundido com o ex-atleta olímpico Carlos Lopes que, por sua vez, alegou que, desde que engordou uns quilinhos, as pessoas o começaram a confundir com o cronista social Carlos Castro. Quanto a Carlos Castro, prontificou-se a esclarecer que desde a sua infância em Moçambique que se habituou a que as pessas o confundissem com um moçambicano negro de nome Carlos Kazonga. A Inépcia contactou Carlos Kazonga na cidade da Beira em Moçambique e fomos informados pelo próprio de que é confundido com o cantor António Calvário com alguma frequência. Não foram dadas quaisquer explicações adicionais.

Topo


15/4/03

Governo dos EUA recorre a argumentistas de Hollywood para justificar ataque à Síria
As autoridades de Washington D.C. lançaram um apelo aos argumentistas de Hollywood para que usem a sua criatividade e talento em prol da segurança da nação, criando justificações originais e credíveis para estender à Síria a operação militar que depôs Saddam Hussein no Iraque. De acordo com fontes ligadas à administração de George W. Bush, a guerra com o Iraque terá "sabido a pouco" aos líderes políticos e militares americanos, pretendendo-se aproveitar a proximidade da Síria para prolongar a "diversão" durante mais umas semanas. No entanto, os argumentos que já estão a ser usados pelos americanos para justificar uma invasão da Síria são tão parecidos com os que foram antes usados para justificar a operação "Liberdade Iraquiana" (ou, como também é conhecida, operação "Saque e Linchamento") que a situação começa a ser constrangedora. Assim, a Síria tem sido acusada, ao longo dos últimos dias, de albergar terroristas, de apoiar o terrorismo internacional, e de possuir armas químicas e de destruição maciça. Entre as justificações já adiantadas pelos argumentistas contactados, as mais populares têm sido: os sírios são feios; os sírios cheiram mal; os sírios têm um ar anti-americano; e, a mais popular de todas, os sírios gostam de espetar alfinetes nos olhos de gatos recém-nascidos.

Topo


9/4/03

Afeganistão é o 51º estado americano
A Secretaria de Estado americana anunciou que o Afeganistão foi integrado nos Estados Unidos da América sendo elevado da categoria de estado soberano a estado federado americano. O secretário de Estado, Colin Powell, responde declarou à imprensa que a medida foi motivada por uma preocupação constante com o bem-estar do povo afegão que assim passará a fazer parte da "melhor nação do mundo". Para facilitar a integração afegão nos EUA, foram tomadas algumas medidas de ajustamento. Assim, o nome do novo estado passará de Afeganistão para Afeganabama (a terminação "istão" tem uma carga demasiado negativa para o americano médio). A capital, Cabul, passará a chamar-se Nixonville, por sugestão de George W. Bush que sempre teve uma admiração especial pelo presidente Nixon. A bandeira estadual passa a ser um rectângulo de cor azul com a silhueta de Manhattan pré-11 de Setembro e o lema do estado em branco por cima: "REVENGE IS SWEET, MOTHER FUCKERS! GO USA!" Entretanto, já foi anunciado que no local onde outrora estiveram os budas de Bamyian, monumento histórico destruído pelos taliban, serão erigidas duas réplicas das torres gémeas do World Trade Center.

Jovem, se és muçulmano, clica aqui

Topo


4/4/03

Paulo Portas aplaude demissão de Isaltino Morais
O ministro da defesa, Paulo Portas, louvou a frontalidade de Isaltino Morais ao pedir demissão do cargo de ministro das Cidades, Ordenamento, Território e Ambiente que até agora ocupava. Recorde-se que Isaltino apresentou um pedido de demissão a Durão Barroso após se ter tornado pública a existência de contas bancárias na Suíça em seu nome contendo rendimentos avultados e não declarados aquando da sua entrada para o governo, o que constitui um crime fiscal grave. "O doutor Isaltino Morais é um homem honrado com um sentido político aguçado e consciente das suas responsabilidades cívicas," afirmou Portas. O ministro da Defesa aproveitou a oportunidade para lembrar que "todos os membros do governo devem afastar-se voluntariamente assim que recaiam sobre eles suspeitas de envolvimento em actividades ilícitas, mesmo que essas suspeitas sejam infundadas, para não melindrar a credibilidade do executivo e a estabilidade do país."

Topo


1/4/03

Guerra no Iraque é mentira do 1 de Abril
O mundo está simultaneamente estupefacto e aliviado com a revelação de que a intervenção militar no Iraque é apenas uma comemoração à escala global do dia das mentiras. A brincadeira foi revelada numa conferência de imprensa em Washington que contou com a presença do presidente americano, George W. Bush, do primeiro-ministro britânico, Tony Blair, do presidente Jacques Chirac de França, do chanceler alemão, Gerhard Schroeder, e do presidente Saddam Hussein que não se pôde deslocar à capital americana mas fez questão de enviar um depoimento gravado. "Somos todos amigos," afirmou Chirac, "Já andávamos a planear isto há muito tempo." A própria guerra do golfo, no início dos anos 90, terá sido levada a cabo por sugestão de George W. Bush, filho do então presidente americano, George Bush, como forma de justificar a pretensa "intervenção militar" de uma pretensa "coligação internacional" no Iraque sem o aval das Nações Unidas e com o objectivo de derrubar o suposto ditador, Saddam Hussein. De facto, Saddam é um democrata entusiasta, bondoso e amado pelo seu povo que costuma ser citado como exemplo a seguir por outros governantes mundiais. "Uma guerra destas seria tão ridícula que não cabe na cabeça de ninguém. Nem na minha," afirmou Bush. Ao que parece, todos os dirigentes mundiais estavam a par da brincadeira com excepção de Durão Barroso que declarou à imprensa: "Não sei onde está a piada."

Topo


29/3/03

Jornalistas portugueses tentam convencer opositores de Saddam a mudar de nome
Os profissionais da comunicação social portuguesa juntaram-se para pedir formalmente a alguns membros da oposição iraquiana que mudem de nome para evitar transtornos que possam ocorrer na cobertura do conflito. Esta medida foi motivada pelo cada vez maior protagonismo do homem considerado como líder dos opositores a Saddam, o dr. Adnan Pachachi, ex-ministro dos negócios estrangeiros e embaixador iraquiano na ONU nos anos sessenta. Cada vez mais orgãos de comunicação social portugueses se queixam de epidemias de riso histérico ocorridas sempre que alguém é forçado a referir o nome do Dr. Pachachi. A pior ocorreu na RTP, quando José Rodrigues dos Santos referiu no Telejornal que elementos da CIA se tinham deslocado a Abu Dabi, nos Emiratos Árabes Unidos, para tentar encontrar Pachachi. O riso resultante deixou um operador de câmara em coma e três assistentes de produção em estado considerado grave. Para além de Pachachi, os media nacionais pretendem convencer outras personalidades envolvidas no conflito a mudar de nome como medida preventiva antes que comecem a ser referidos com frequência. Entre os nomes apontados encontram-se os do ayatollah Abdelkharim Putah, líder espiritual xiita, o coronel do exército iraquiano Mahmoud Shupamus e o general americano de origem porto-riquenha, Michael Caralhon.

Topo


28/3/03

Desespero profissional leva mecânico a afinar uma chave de estrias com instrumento improvisado
O homem, que tem residência em Ferreiros, no concelho de Braga, terá, segundo confessou no hospital, utilizado a chave para a concretização de uma experiência solitária de prazer.
Perante a gravidade do problema, dado que o inchaço já cobria a argola metálica da chave, também conhecida como chave de luneta, os médicos da urgência de Braga optaram por transferir a vítima para o Hospital de S. João, no Porto, onde chegou cerca das 07h00 de domingo

E ainda há quem fale em meter o nariz onde não é chamado

Topo


24/3/03

Hollywood faz parte do eixo do mal
O governo dos Estados Unidos decidiu incluir a localidade de Hollywood, parte da cidade de Los Angeles, no eixo dos países "maus", ou seja, países governados por ditadores e onde não há respeito pelos valores fundamentais que a civilização ocidental preza como a liberdade, a democracia, os monopólios petrolíferos e os restaurantes McDonald's. Esta decisão foi motivada pela constatação de que a maioria dos oradores na cerimónia de entrega dos óscares deste ano criticou de forma mais ou menos directa a política belicista de George W. Bush e também porque, de acordo com o secretário de Estado Colin Powell: "O Chicago é uma porcaria." A posição da Casa Branca de incluir parte do seu território no eixo do mal mantém-se inalterada mesmo após anúncio da Academia de que Bush receberia um óscar especial para a categoria de "guerra mais absurda e inútil das últimas décadas" após nomeação em conjunto com os conflitos étnicos no Ruanda e no Burundi, a guerra fronteiriça entre o Peru e o Equador em 1995 e a guerra entre as Honduras e El Salvador no final dos anos 60 que começou devido a um jogo de futebol entre as selecções dos dois países.

Topo


21/3/03

Mota Amaral inspecciona vestuário dos deputados
O presidente da Assembleia da República, João Bosco Mota Amaral, vai começar a inspeccionar o vestuário dos deputados à entrada do hemiciclo para se assegurar de que não voltarão a acontecer irregularidades como a protagonizada pelos deputados do Bloco de Esquerda que estiveram presentes num debate com camisolas em que se podia ler a frase "Não em nosso nome!" em protesto contra o apoio do governo português à guerra com o Iraque. A partir de agora, todos os deputados terão de se despir completamente na presença de Mota Amaral antes de assumirem os seus lugares nas respectivas bancadas. "É para ver se não volta a haver poucas vergonhas nesta casa," afirma a segunda figura da hierarquia política portuguesa. Colocado perante a possibilidade de tudo isto ser uma manobra descarada para despir um determinado membro do grupo parlamentar do Bloco de Esquerda, Mota Amaral garante que não tem assim tanto interesse em ver Luís Fazenda nu mas confessa que é algo que não lhe desagrada de todo.

Topo


17/3/03

Movimento de cidadãos propõe moção de "Vão bardamerda" ao governo
Numa altura em que os partidos da oposição se preparam para apresentar moções de censura ao governo após o apoio declarado de Durão Barroso a uma guerra com o Iraque contra a vontade da maioria da população portuguesa, um grupo de cidadãos de várias filiações políticas pretende apresentar uma moção de "Vão bardamerda" ao governo. De acordo com um porta-voz do grupo "a paciência tem limites e ver o nosso primeiro-ministro a servir de capacho nos Açores em nome de todo um país foi a gota de água." A moção de "Vão bardamerda" é uma figura política arcaica mas que está prevista pela lei portuguesa e tem como objectivo dar voz aos cidadãos em períodos em que, de acordo com a terminologia legal, "o governo começa a meter nojo."

Topo


16/3/03

Durão Barroso considera cimeira um sucesso
O primeiro-ministro Durão Barroso considera que a cimeira dos Açores foi um sucesso e que serviu para mostrar ao mundo o empenho de Portugal nas questões fulcrais do novo século a nível internacional. Colocado perante o facto de os meios de comunicação internacionais terem ignorado a sua presença e de as estações de televisão o terem deixado fora do enquadramento, apenas transmitindo imagens de George Bush, Tony Blair e José Maria Aznar, Durão mostrou uma fotografia tirada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Martins da Cruz, que prova de forma inequívoca que esteve presente ao lado dos líderes americano, britânico e espanhol. Entretanto, o mundo interroga-se sobre "que trapo verde e vermelho era aquele por trás do presidente Bush na CNN?"

Fotografia exclusiva da cimeira dos Açores

Carpa falante anuncia fim do mundo
Uma carpa num mercado de Nova Iorque surpreendeu os homens que se preparavam para lhe tirar a vida ao gritar em hebraico frases que anunciavam o fim do mundo para breve. E curiosamente, esta nem precisámos de inventar. Mais informação aqui

Topo


14/3/03

Líderes mundiais (e Durão Barroso) reúnem-se nos Açores
George W. Bush, Tony Blair e José Maria Aznar reúnem-se este fim de semana na base das Lajes nos Açores para discutir a situação no Iraque. Ao que a Inépcia apurou, Durão Barroso também foi convidado depois de passar uma semana a ligar todos os dias para os três líderes disponibilizando-se a participar na cimeira. O presidente americano e os primeiros-ministros britânico e espanhol discutirão a estratégia a seguir agora que parece cada vez mais remota a possibilidade de o conselho de segurança da ONU aprovar um ataque ao Iraque. Enquanto isso, o primeiro-ministro português prestará um serviço valioso à liberdade e à democracia no mundo, servindo café e biscoitos caseiros feitos pelo próprio segundo receita familiar que herdou da sua avó.

Topo


11/3/03

Boloni edita novo livro
O ainda treinador do Sporting, Laszlo Boloni, prepara-se para lançar no mercado mais um livro depois de "Bloco de Notas", a primeira obra literária do técnico romeno. O novo livro terá como título "Por que é que eu não saí quando estava na mó de cima-O novo bloco de notas de Laszlo Boloni" e promete fazer revelações bombásticas sobre a experiência do autor como treinador dos leões que deverão agradar aos seus muitos admiradores (sobretudo entre os adeptos do Benfica e do Porto). Contactado pela Inépcia, Boloni recusou-se a adiantar quaisquer pormenores sobre o tema do seu novo livro, alegando que espera que as vendas beneficiem com o efeito surpresa "mais ou menos como eu beneficiei do Jardel no ano passado", afirma. Esta edição vem na sequência de uma recente onda de edições literárias assinadas por personalidades do mundo do futebol. Para além das duas obras de Boloni, da biografia de Jardel e de um livro do novo seleccionador nacional, Luiz Felipe Scolari, aguarda-se para breve a edição de "Como evitar as lesões" um manual prático assinado por Pedro Mantorras.

Topo


8/3/03

Inépcia passa a quinzenal
A direcção do e-zine Inépcia decidiu alterar radicalmente o formato da publicação que durante dois anos fez as alegrias dos orfãos deste país e zelou pelos direitos dos fracos e dos oprimidos. A partir de agora, a Inépcia passa a ser quinzenal e promete continuar a dar ao público aquilo que o público não quer. De acordo com Alexandre Caetano, ditador vitalício do site: "É um esforço considerável mas os nossos sete leitores merecem. Esperamos conseguir cumprir esta tarefa árdua mas se não conseguirmos volta ao formato anterior e fazemos de conta que nunca mudou." Para além da periodicidade quinzenal, a Inépcia tem também um novo visual que promete ser tão mau como o anterior.

Topo

Recuar