Ódios de Estimação

Para que não comecem a dizer por aí que a inÉpcia tem ódios de estimação, acabe-se com os boatos à nascença, transformando-os em factos. Sim, a inÉpcia tem ódios de estimação. São estes:

Catarina Furtado: (Sorridentis enojantis) Personalidade televisiva por excelência. Dotada de um sorriso capaz de transformar uma pessoa normal no João Gil ou no João Reis a uma distância de vinte metros.

jms_fot-nov-09-xxx_b-fachada_net-9.preview

B Fachada: (Cantautorius barbadus) O facto de não saber cantar ou tocar instrumentos colocava-o logo à partida como candidato ao apreço devoto do suplemento cultural do jornal Público. Depois de uma pausa sabática totalmente passada a olhar para o espelho, Bernardo regressou sem a inicial, apresentando-se simplesmente como Fachada. Fica a esperança de novas pausas (mais longas) que o façam regressar apenas como Chada, primeiro, e, mais tarde, como um mero silêncio constrangedor.

Entrevista-a-Rita-Pereira

Rita Pereira: (Strabica siliconis) Desde muito cedo, Rita viu-se forçada a cultivar um corpanzil vistoso para desviar as atenções do seu fácies medonho. Pode parecer indelicado e até um pouco chauvinista que se comente nestes termos o físico da “atriz” em vez de elaborar sobre os seus méritos profissionais, mas, fazendo-o, os termos da elaboração seriam ainda menos recomendáveis.

jose-rodrigues-13-2-225

José Rodrigues dos Santos: (Reporterscriptor megapirilaus) Tão bem-sucedido como pivô noticioso e repórter de guerra como na sua vertente de romancista prolífero, José Rodrigues dos Santos gosta de piscar o olho ao espetador, de alertar nos seus livros para conspirações urdidas por pessoas de tez acastanhada e de coçar a genitália, não se coibindo em afirmar que é considerável. Bem haja.

nilton-big

Nilton: (Pseudochomedians amovocentis) Esta criatura só aqui está porque, ao décimo terceiro ano de existência, se entendeu que chegou o momento de esta lista de ódios de estimação passar a incluir membros de outras espécies.

hga_0042

Carlos Abreu Amorim: (Populistigordus borealis) Fruto de um cruzamento fortuito entre um engenheiro de minas e um javali, Carlos Abreu Amorim vive para saltitar de poleiro político em poleiro político (com pequenos saltos a cadeiras de comentador sempre que possível) em busca de umas migalhinhas de atenção. E também para engolir pessoas inteiras ao jantar. Um crime desprezível que há muito vem pedindo castigo.

Pedro Granger-042_

Pedro Granger: (Betus canastronis) Pedro Granger está para um ator como uma pilha de excremento estará para outra profissão qualquer. Certo dia, possivelmente entre Cascais e e Paço de Arcos, um indivíduo com posses e meios olhou para o jovial risco ao lado cor de trigo maduro e para o narizinho brasonado e pensou “hei de pôr este rapaz na televisão”. Tal pessoa acabaria por falecer meses depois, vítima de uma explosão do intestino grosso e de atropelamento por um cortejo de locomotivas (em simultâneo). Merecia pior.